• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasileira perde e fica com bronze no Mundial de Boxe

Esportes

Brasileira perde e fica com bronze no Mundial de Boxe

Jeju - A brasileira Clélia Costa foi eliminada neste domingo na semifinal do Mundial de Boxe, em Jeju, na Coreia do Sul. Com a derrota para a norte-americana Marlen Esparza, ela ficou fora da disputa pelo título na categoria até 51kg. Mas deixou a competição com a medalha de bronze - na modalidade, não há luta pelo terceiro lugar.

No boxe amador, todas as semifinalistas já garantem presença no pódio. Assim, Clélia subiu ao ringue neste domingo com uma medalha garantida - restava saber de qual cor seria. Se vencesse, disputaria a final do Mundial nesta segunda-feira. Mas acabou perdendo por decisão unânime dos jurados, que deram 3 a 0 para a norte-americana.

Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, Marlen Esparza eliminou a pugilista brasileira e vai agora atrás do título mundial. Na final desta segunda-feira, a norte-americana enfrentará a inglesa Lisa Whiteside, que também se classificou neste domingo, ao vencer a italiana Terry Gordini por 3 a 0.

Na campanha em Jeju, Clélia teve três vitórias, diante da francesa Sarah Ourahmoune, da australiana Kristy Harris e da russa Saiana Sagataeva, antes de perder neste domingo. Assim, se tornou a terceira brasileira a ganhar medalha na história do Mundial, como Ana Paula Lúcio dos Santos (bronze em 2002) e Roseli Feitosa (ouro em 2010).

O Brasil levou sete pugilistas ao campeonato em Jeju. A principal aposta era Adriana Araújo, medalhista de bronze na Olimpíada de Londres, mas ela caiu nas quartas de final do Mundial. As outras brasileiras foram eliminadas antes: Graziele de Jesus, Taynna Cardoso, Jessica Carllini, Flavia Figueiredo e Andreia Bandeira.