• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chapecoense ganha e deixa Botafogo perto da queda

Esportes

Chapecoense ganha e deixa Botafogo perto da queda

Chapecó - A Chapecoense derrotou o Botafogo por 2 a 0, na noite deste domingo, na Arena Condá, em Chapecó (SC), e deu passo importante para escapar do rebaixamento no Brasileirão. Já o time carioca, faltando apenas duas rodadas para o final do campeonato, só espera agora a confirmação matemática da queda para a segunda divisão.

Com apenas 33 pontos, o Botafogo ocupa a penúltima colocação, mas ainda não caiu matematicamente para a Série B. Está seis pontos atrás do Palmeiras, o primeiro time fora da zona de rebaixamento, e precisaria de uma incrível combinação de resultados nas duas últimas rodadas do campeonato para evitar a queda - mesmo porque, já soma cinco derrotas seguidas.

Para a Chapecoense, o resultado deste domingo foi fundamental. A equipe catarinense subiu para 42 pontos e precisa apenas de mais uma vitória, nas duas últimas rodadas, para evitar o rebaixamento sem depender de qualquer outro resultado.

Precisando desesperadamente da vitória, o Botafogo começou impondo o ritmo do jogo no primeiro tempo. Aos sete minutos, Jobson recebeu cruzamento e bateu direto, obrigando o goleiro Danilo a mandar pra escanteio. Com desvantagem na posse de bola, a Chapecoense decidiu reagir. Aos 11, Tiago Luis fez jogada individual resultando em um chute para fora.

O clima no estádio esquentou quando, ao 21 minutos, Tiago Luis novamente invadiu a área sozinho, dessa vez sendo derrubado. A torcida pediu pênalti, mas o árbitro não marcou falta e deu apenas escanteio. No final, a Chapecoense terminou o primeiro tempo com vantagem em finalizações: foram 14, contra 4 do Botafogo.

A vitória foi garantida logo no começo da segunda etapa. Aos cinco minutos, Bruno Silva entrou na área e tocou rasteiro para Leandro abrir o placar. O mesmo Leandro voltou a marcar aos 17, ampliando a vantagem com um chute preciso da entrada da área.

Diante da vantagem adversária, o Botafogo tentou reagir na base do desespero. Mas não teve sucesso. Agora, está muito perto de ser novamente rebaixado para a Série B. Melhor para a Chapecoense, que deu passo importante para permanecer na elite.

FICHA TÉCNICA:

CHAPEOENSE 2 x 0 BOTAFOGO

CHAPECOENSE - Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Jaílton e Rodrigo Biro (Ednei); Wanderson, Bruno Silva (Abuda), Diones e Camilo; Tiago Luis (Fabinho Alves) e Leandro. Técnico: Celso Rodrigues.

BOTAFOGO - Jefferson; Régis, Dankler, André Bahia e Júnior Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Bolatti (Ronny) e Bruno Corrêa; Murilo (Yuri Mamute) e Jobson (Zeballos). Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Leandro, aos 5 e aos 17 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS).

CARTÕES AMARELOS - Jobson e Marcelo Mattos (Botafogo); Wanderson, Leandro e Abuda (Chapecoense).

RENDA - R$ 131.010,00.

PÚBLICO - 14.508 torcedores.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).