• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chapecoense goleia Fluminense e sai da zona da degola

Esportes

Chapecoense goleia Fluminense e sai da zona da degola

Rio - Em um jogo histórico para a Chapecoense, o time catarinense goleou o Fluminense por 4 a 1, nesta quinta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 35.ª rodada, e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O resultado tem várias implicações na tabela de classificação. Desastroso para as pretensões do clube carioca de chegar entre os primeiros para conquistar vaga na Copa Libertadores e também para Bahia e Botafogo, agora mais próximos ainda da queda. E também atinge o Palmeiras, que soma os mesmos 39 pontos alcançados pela equipe de Chapecó (SC) e se vê ameaçado pelo descenso.

Todos os gols surgiram no segundo tempo. O visitante se valeu de uma aplicação tática fora de série. Ganhou por exercer marcação forte, neutralizar as ações do Fluminense com eficiência e por causa de contra-ataques muito bem organizados.

Antes do primeiro gol, ainda na primeira etapa, um erro flagrante de arbitragem prejudicou o Fluminense. O goleiro Danilo derrubou Rafael Sóbis na área, após uma jogada rápida de Conca. Pênalti claro que o goiano Elmo Alves Cunha não marcou.

Conca era o melhor do time carioca e criava algumas boas situações. Mas a Chapecoense mostrava que a equipe não foi ao Rio para atuar na retranca e segurar o empate. Saía rápido nos contra-ataques e explorava bem a velocidade de Fabiano e Tiago Luís pela direita.

O 0 a 0 do primeiro tempo sinalizava uma etapa final mais aberta, com os dois times em busca do gol. E a Chapecoense calou a torcida tricolor logo de início. Tiago Silva fez boa jogada pela esquerda, a zaga do Fluminense se atrapalhou e Bruno Silva marcou. Quando se esperava uma reação do mandante, a equipe catarinense ampliou, em um lance rápido pela direita em que Leandro cruzou e Camilo completou.

Depois, em mais dois contra-ataques, Leandro fez 3 a 0 e Bruno Silva, em novo passe de Tiago Luís, superou Diego Cavalieri mais uma vez. No final, Carlinhos cruzou e o zagueiro Rafael Lima fez gol contra. A torcida do Fluminense vaiou o gol da sua equipe e depois voltou a protestar na saída dos atletas de campo.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 x 4 CHAPECOENSE

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Jean, Guilherme Mattis, Marlon e Chiquinho (Carlinhos); Valencia, Cícero (Walter), Edson e Conca; Rafael Sóbis (Kenedy) e Fred. Técnico: Cristóvão Borges.

CHAPECOENSE - Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Douglas Grolli e Rodrigo Biro (Ednei); Wanderson, Bruno Silva, Diones e Camilo (Abuda); Tiago Luís (Neném) e Leandro. Técnico: Celso Rodrigues.

GOLS - Bruno Silva, aos 2 e aos 39, Camilo, aos 20, Leandro, aos 25, e Rafael Lima (contra), aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Carlinhos, Valencia e Guilherme Mattis (Fluminense); Douglas Grolli (Chapecoense).

ÁRBITRO - Elmo Alves Cunha (GO).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).