Ganso não treina, mas médicos minimizam ausência

Esportes

Ganso não treina, mas médicos minimizam ausência

Redação Folha Vitória

São Paulo - Um dos principais jogadores do São Paulo na temporada, Paulo Henrique Ganso não treinou nesta sexta-feira no CT da Barra Funda e segue em recuperação de uma pancada no joelho direito sofrida no jogo contra o Inter, na última quarta-feira. O meia fez apenas exercícios no Reffis e sequer pisou no gramado.

Segundo os médicos, porém, a situação do meia não preocupa para o clássico contra o Palmeiras, neste domingo, no Morumbi, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. A medida foi apenas para preservar o atleta para o treino de sábado, quando o técnico Muricy Ramalho montará a equipe, e ele praticamente não sente mais dores no local.

Ainda na saída da partida contra o Inter, disputada na última quarta-feira, no Morumbi, Muricy já não se mostrava tão preocupado com a situação do jogador, que também reclamou de dores no tornozelo direito.

"O Ganso sofreu uma pancada, e acho que por isso não preocupa. O pior seria se ele tivesse uma torção ou alguma coisa desse tipo, mas a pancada facilita a recuperação", disse o treinador.

Nesta sexta-feira os jogadores fizeram apenas uma atividade leve de dois toques em campo reduzido. Os atletas que enfrentaram o Inter foram dispensados mais cedo, enquanto os reservas prosseguiram o treino. Alexandre Pato e Rafael Toloi, recuperados de lesão muscular, participaram normalmente, mas ficam como opção para o banco de reservas.