Levir Culpi vê derrota injusta e lamenta gol no início

Esportes

Levir Culpi vê derrota injusta e lamenta gol no início

Redação Folha Vitória

Curitiba - O técnico Levir Culpi avaliou que o gol marcado pelo Atlético Paranaense com menos de um minuto de partida facilitou a tarefa do adversário, que se defendeu bem para derrotar o Atlético Mineiro por 1 a 0, domingo, na Arena da Baixada, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Não tem muito para falar. Apesar de termos jogado com muita pressão no segundo tempo, o gol no começo deu ao Atlético-PR a oportunidade de marcação. Fizeram isso com excelência, marcação muito forte. Acho que o empate era o que merecíamos, mas não podemos tirar mérito deles porque deram a vida na marcação", analisou.

Levir destacou que não faltou luta ao Atlético-MG e afirmou que o seu time não merecia deixar Curitiba derrotado pelo que realizou em campo. "Os jogadores deram 100% na parte física e, pelo que jogamos, merecíamos, no mínimo, o empate", acrescentou.

Batido, o Atlético-MG deixou o G4, grupo dos times que se classificam para a próxima Libertadores, e caiu para o quinto lugar, com 54 pontos. Agora, porém, se concentra no duelo com o Flamengo, pelas semifinais da Copa do Brasil. E Levir conta com o Mineirão lotado para ajudar o time a avançar.

"Temos que fazer 3 a 0, então, quarta-feira, é todo mundo no Mineirão. Será a nossa chance de recuperar esses gols perdidos. Vamos jogar em casa, com a nossa torcida, e tenho convicção que os jogadores vão dar 100%", afirmou.

O treinador atleticano reconheceu que será complicado reverter a vantagem do Flamengo, que venceu o jogo de ida por 2 a 0. "É um jogo que vai ter um grau de dificuldade altíssimo, mas o Atlético cresce nesses momentos. Temos que fazer mais um jogo épico. A possibilidade de vitória existe e vamos correr atrás", concluiu.