Presidente da Federação Polonesa de Vôlei é preso

Esportes

Presidente da Federação Polonesa de Vôlei é preso

Redação Folha Vitória

Varsóvia - Dois meses depois de sediar e vencer o Mundial masculino, o presidente da Federação Polonesa de vôlei, Miroslaw Przedpelski, foi detido nesta sexta-feira sob acusação de corrupção. Além dele, o proprietário de uma empresa de segurança, cujo nome não foi revelado, foi preso por envolvimento no caso.

Autoridades locais não revelaram detalhes sobre a investigação, mas indicaram que atinge a organização do Mundial, realizado em setembro. Ao prender o presidente da Federação, investigadores recolheram documentos relativos ao evento, vencido pelos poloneses em final contra o Brasil.

O escritório regional da procuradoria afirmou que está analisando os arquivos enviados às autoridades responsáveis pelo caso. Promotores poloneses já investigavam o financiamento e as campanhas de divulgação do Mundial desde 2012. Mas o caso não foi além. As autoridades não informaram se o caso pode afetar o Campeonato Europeu, a ser realizado na Polônia, em 2017.

De acordo com a Federação Polonesa, as prisões são uma "notícia difícil e triste para a entidade", mas exige um "esclarecimento completo", disse o porta-voz Janusz Uznanski, nesta sexta.