• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chile empata com a Colômbia e deixa a liderança das Eliminatórias com o Equador

Esportes

Chile empata com a Colômbia e deixa a liderança das Eliminatórias com o Equador

Santiago - A seleção chilena perdeu nesta quinta-feira os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. Mesmo atuando em casa, apresentou um futebol pouco criativo, bem longe daquele que o sagrou campeão do continente no meio do ano, e teve que se contentar com um empate por 1 a 1 diante da Colômbia.

O resultado deixou os chilenos com sete pontos e os tirou da liderança do torneio, agora nas mãos do Equador, único com 100% de aproveitamento e nove pontos. Já a Colômbia chegou ao quarto ponto e subiu para a quinta posição, que lhe daria uma vaga na repescagem diante de um representante da Oceania.

As duas seleções voltam a campo na próxima terça-feira, pela quarta rodada das Eliminatórias. A Colômbia terá a dura missão de enfrentar a Argentina, em Barranquilla. Não menos complicada será a tarefa do Chile, que viaja a Montevidéu para encarar o Uruguai.

Precisando vencer para voltar à ponta, o Chile foi para cima nesta quinta e logo no primeiro minuto assustou com chute da meia-lua de Sánchez, que Ospina espalmou para escanteio. A resposta colombiana saiu aos 15, quando Muriel cruzou para Jackson Martínez, que só não marcou porque foi bloqueado na hora da finalização.

A Colômbia ganhava terreno e era melhor no primeiro tempo. Só não marcou aos 21 minutos porque Claudio Bravo fez grande defesa. Muriel novamente fez boa jogada e cruzou, a bola passou por todo mundo e sobrou para Martínez, que rolou para Daniel Torres. O volante bateu firme e o goleiro voou para espalmar.

O Chile não fazia bom jogo, tinha dificuldade para criar com Arturo Vidal e Valdivia bem marcados, mas utilizou-se da bola parada para abrir o placar já aos 45. Matias Fernández cobrou falta pela direita e Vidal subiu quase na pequena área para cabecear firme para a rede.

Matias Fernández era o responsável pelas principais chances da equipe, sempre de bola parada. Aos cinco minutos do segundo tempo, ele cobrou falta pela esquerda e exigiu grande defesa de Ospina.

Mas a Colômbia era melhor, criava bastante pelas laterais do campo e conseguiu buscar o empate aos 22 minutos. Muriel fez boa jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou para trás. James Rodríguez ainda se atrapalhou um pouco, mas conseguiu girar e bater de direita para a rede.

O gol diminuiu o ritmo dos colombianos, enquanto o Chile tentava acordar. Aos 26, Vargas recebeu de Jara e foi travado por Ospina ao tentar driblar o goleiro. Mas quem teve a melhor chance de pular à frente foi a Colômbia, aos 41, quando Cardona bateu da entrada da área e exigiu ótima defesa de Bravo.