FPF decide rebaixar 6 no Paulistão e impede 'troca de técnicos' entre times

Esportes

FPF decide rebaixar 6 no Paulistão e impede 'troca de técnicos' entre times

Redação Folha Vitória

São Paulo - Depois de uma longa e em alguns momentos acalorada discussão, ficou decidido na tarde desta quinta-feira que o Campeonato Paulista de 2016 terá seis clubes rebaixados. E apenas duas equipes serão promovidas da Série A2, o que fará com que o torneio passe dos atuais 20 para 16 times em 2017.

A reunião do Conselho Técnico dos clubes da principal divisão estadual também definiu os quatro grupos da competição, a proibição de um treinador dirigir duas equipes diferentes durante o campeonato e confirmou que cada clube só poderá inscrever 28 atletas, entre outros pontos.

Uma novidade está relacionada aos treinadores. Eles não poderão dirigir duas ou mais equipes diferentes durante o Paulistão. Ou seja, técnico demitido ou que se demitir não trabalhará mais no campeonato.

Além disso, clube que demitir treinador só poderá contratar outro se comprovar ter pago a rescisão com o profissional dispensado. Se o treinador tomar a iniciativa de sair, será ele que terá de pagar a multa rescisória, quando houver.

A fórmula de disputa é a mesma utilizada este ano. O campeonato terá início em 31 de janeiro e a segunda partida da decisão está marcada para 8 de maio.Como no ano passado, na primeira fase os times de um grupo enfrentam os dos outros. Classificam-se os dois primeiros de cada chave. As quartas de final e a semifinal serão disputadas em jogo único e a decisão do título, em duas partidas.

Cada time poderá inscrever 28 atletas, três deles goleiros. Se um jogador tiver uma contusão que o tire da competição será permitida sua substituição na lista de inscritos, mediante apresentação de laudo médico.