Fratus volta de 'mini-férias' e fatura ouro na Copa do Mundo em Doha

Esportes

Fratus volta de 'mini-férias' e fatura ouro na Copa do Mundo em Doha

Redação Folha Vitória

Doha - Dois meses e meio depois do fim do Troféu José Finkel, uma nova etapa da temporada 2015 da natação começou nesta terça-feira para o Brasil. Após curtir o que chamou de "mini-férias", Bruno Fratus caiu na piscina para vencer os 50m livre na etapa de Doha (Catar) da Copa do Mundo de Natação.

Como o Open, que vale como classificatório para a Olimpíada, será somente na segunda quinzena de dezembro, Bruno Fratus nadou "pesado" nesta terça-feira. Mesmo com um tempo pouco expressivo diante do seu histórico, ele venceu com alguma tranquilidade. Fez 22s28, contra 22s47 do norte-americano Anthony Ervin, veterano que foi campeão olímpico em 2000.

Para todo o mundo da natação o momento não é de competir em alto nível. Por isso, no cronômetro, as marcas feitas em Doha são expressivamente mais lentas do que no Campeonato Mundial, por exemplo. Nos 200m livre, a vitória ficou com o britânico James Guy, com 1min47s06, marca que o deixaria em 11.º nas eliminatórias do Mundial.

A etapa de Doha é a segunda da terceira e última fase da Copa do Mundo, que começou em Tóquio, entre quinta e sexta, e depois passa por Dubai (sexta e sábado desta semana). O sul-africano Van der Burgh e a húngara Katinka Hosszu ganharam tanto a primeira fase (Moscou e Paris) quanto a segunda (Hong Kong, Pequim e Cingapura). Por isso, já têm cada um US$ 100 mil em prêmios.

Diferente do que foi a etapa de Tóquio, quando praticamente só japoneses, alguns sul-africanos, húngaros e americanos se inscreveram, em Doha houve a participação de atletas de diversos países. Bruno Fratus foi o único brasileiro inscrito.