Liderada por Murray, Grã-Bretanha convoca equipe para a final da Davis

Esportes

Liderada por Murray, Grã-Bretanha convoca equipe para a final da Davis

Redação Folha Vitória

Londres - Liderada por Andy Murray, atual vice-líder do ranking mundial, a Grã-Bretanha convocou nesta terça-feira cinco tenistas para a disputa da final da Copa Davis. A nação irá encarar a Bélgica entre os próximos dias 27 e 29, na cidade de Gent (BEL), em busca de seu primeiro título na competição desde 1936.

Na luta para encerrar este jejum que dura 79 anos, os britânicos também contarão com Jamie Murray, irmão de Andy, James Ward, Kyle Edmund e Dominic Inglot para a série melhor de cinco partidas diante dos belgas, que escolheram o piso de saibro como superfície dos confrontos marcados para acontecer na arena coberta Flanders Expo de Gent.

Atualmente na disputa do ATP Finals, no qual estreou na última segunda-feira derrotando o espanhol David Ferrer no torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada, o escocês Andy Murray festejou nesta terça a chance que terá de levar a Grã-Bretanha a um título histórico para a nação.

"Representar nossos país na final da Copa Davis é uma grande honra e será uma nova experiência para mim e para toda a equipe", afirmou o atual número 2 da ATP, que depois completou: "Estou realmente empolgado com este duelo na Bélgica, onde eles (adversário) contam com jogadores muito talentosos que irão tornar este desafio muito duro".

Finalista, a Grã-Bretanha eliminou Austrália, França e Estados Unidos em sua campanha até a decisão. Já os belgas passaram pela atual campeã Suíça (então desfalcada de Roger Federer e Stan Wawrinka), Canadá e Argentina no Grupo Mundial de 2015 da competição.