Atlético-MG treina com desfalques na lateral direita para encarar o Palmeiras

Esportes

Atlético-MG treina com desfalques na lateral direita para encarar o Palmeiras

Redação Folha Vitória

Belo Horizonte - O técnico Marcelo Oliveira deu sequência na preparação do Atlético-MG para o confronto diante do Palmeiras nesta sexta-feira. O elenco alvinegro trabalhou em dois períodos na Cidade do Galo, visando o importante confronto diante do líder do Campeonato Brasileiro na próxima quinta-feira, no Independência.

Sem grandes novidades, Marcelo só teve a lamentar os problemas na lateral direita. Sem contar há um longo período com Marcos Rocha, lesionado, Marcelo também não teve nesta sexta Carlos César, que fez trabalho à parte por conta de desgaste, e Patric, que reclamou de dores na coxa e foi encaminhado para exames. Como a partida acontece somente daqui seis dias, ainda é cedo para falar na possibilidade de eles serem desfalques.

"Eu havia programado um trabalho tático de compactação e recomposição para hoje, mas, de última hora, o Carlos César não pôde treinar e passei esse trabalho para amanhã. Não ter os jogadores que estão com as seleções dificulta um pouco, mas vamos fazer com quem está aqui, vamos moldando, e esperar o melhor time na quinta-feira, avaliando como será a participação desses jogadores nas respectivas seleções", comentou Marcelo.

Além dos laterais, o Atlético-MG não contou com Lucas Pratto (Argentina), Otero (Venezuela), Cazares e Erazo (Equador), todos a serviço de suas seleções. E durante o treinamento da tarde, o clube foi informado também da convocação de Fábio Santos, chamado às pressas por Tite para substituir o suspenso Marcelo no duelo de terça com o Peru.

"Estou muito feliz. É o reconhecimento de um trabalho que está sendo muito bem feito. Agradeço à diretoria e ao clube que nos proporciona essa estrutura que nos deixa ser convocado. A comissão técnica e os jogadores sabem da importância de um grupo forte, que sem isso o individual não aparece. Estou muito feliz por essa convocação", celebrou o jogador de 31 anos.