LeBron James lota comício e pede votos para Hillary Clinton em Ohio

Esportes

LeBron James lota comício e pede votos para Hillary Clinton em Ohio

Redação Folha Vitória

Cleveland - Um dos principais nomes do esporte dos Estados Unidos na atualidade, LeBron James já algumas semanas tomou partido na eleição presidencial norte-americana. No domingo à noite, porém, realizou seu principal ato na campanha pela democrata Hillary Clinton. Lotou um comício em Cleveland para pedir o voto a ela no estado de Ohio, onde ninguém é mais famoso do que ele.

"Quero que as pessoas entendam. Eu cresci no subúrbio e sei que toda a noção de sair e votar. Eu era uma daquelas crianças, e estava em torno da comunidade que era como 'nosso voto não faz diferença'. Mas ele realmente faz. Realmente, realmente faz. Nós temos que sair e ter certeza de votar. Temos de sair e estar bem informados sobre o que está acontecendo", disse, perante uma plateia em delírio.

Acompanhado de outro jogador local, J.R. Smith, LeBron voltou a expressar seu apoio às causas de Hillary. "Quando olho para a corrida presidencial este ano, está claro qual o candidato que acredita nas mesmas coisas. Apenas uma pessoa entende os problemas de uma criança pobre nascida em Akron. E quando penso nas ideias para as crianças da minha fundação, o que elas precisam do governo, a escolha é clara. Essa candidata é Hillary Clinton."

O apoio de LeBron, que cresceu em Akron, chegou à NBA pelo Cleveland Cavaliers, saiu para Miami e voltou para quebrar o longo jejum de títulos da cidade, pode ser decisivo na reta final da eleição, que se encerra na terça-feira. Ohio tem direito a 18 votos no colégio eleitoral e, lá, as mais recentes projeções indicam vitória apertada de Trump. A margem de folga, porém, não chega a 2 pontos percentuais.