Nuzman é ovacionado em apresentação do Rio-2016 para comitês olímpicos

Esportes

Nuzman é ovacionado em apresentação do Rio-2016 para comitês olímpicos

Redação Folha Vitória

Rio - Apesar das dificuldades financeiras encontradas pelo Comitê Rio-2016 para fechar as contas depois dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o presidente do órgão, Carlos Arthur Nuzman, foi ovacionado pelos representantes de 206 comitês olímpicos nacionais, nesta quarta-feira, durante a assembleia geral da Associação de Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC), em Doha, no Catar.

Na apresentação do relatório final do Rio-2016, Nuzman apelou mais uma vez para um discurso emotivo, enquanto que um telão exibia números da competição organizada no Brasil. "Quero repetir o que eu disse durante meus últimos discursos. Apesar de tudo, a gente nunca desistiu. Isso é muito, muito importante. Apesar de todas as dificuldades, nunca pensamos em desistir", destacou.

Relacionando o sucesso dos Jogos ao trabalho conjunto com o Comitê Olímpico Internacional, os comitês nacionais e patrocinadores, Nuzman citou Michael Phelps e Usain Bolt como nomes icônicos do Rio-2016 e lembrou que esses foram os Jogos mais influentes da história. "Os números de audiência e engajamento nas redes sociais são inacreditáveis", elogiou.

Na parte final de seu discurso, Nuzman apresentou um vídeo que, ao som da música Emoções, famosa na voz de Roberto Carlos ("Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi..."), mostrou imagens dos Jogos. Ao se despedir, recebeu calorosas palmas, com alguns delegados ficando em pé para aplaudi-lo, inclusive.