Jogadores já sabem, mas Rueda faz mistério sobre goleiro do Flamengo na Colômbia

Esportes

Jogadores já sabem, mas Rueda faz mistério sobre goleiro do Flamengo na Colômbia

Muito criticado pela torcida por causa de más atuações, Alex Muralha pode perder o lugar para César, que não faz um jogo oficial há quase um ano

Barranquilla, Colômbia - Os jogadores do Flamengo realizaram na noite desta quarta-feira, no estádio Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla, na Colômbia, o treinamento de reconhecimento de gramado para a partida desta quinta contra o Junior Barranquilla, pela rodada de volta das semifinais da Copa Sul-Americana. Com a atividade no mesmo horário do jogo, às 22h30 (de Brasília), todos procuraram se ambientar com o local e o forte calor que faz na cidade.

Na entrevista coletiva logo após o treinamento, o técnico colombiano Reinaldo Rueda foi logo perguntado sobre quem começará a partida no gol rubro-negro. Muito criticado pela torcida por causa de más atuações, Alex Muralha pode perder o lugar para César, que não faz um jogo oficial há quase um ano. O titular Diego Alves se lesionou no jogo de ida, na semana passada, e só voltará a atuar em 2018.

"Vocês sabem que a escalação vai sair amanhã (quinta-feira), com a equipe. Creio que não vai ter surpresa. Temos uma equipe que está jogando bem contra Junior, contra o Santos (no último domingo), creio que não vai haver nenhuma surpresa", avisou Reinaldo Rueda, que já avisou os jogadores sobre quem será o escolhido.

"Sempre falamos, ainda ontem (terça-feira) pela manhã, antes da viagem trabalhamos no treinamento. Hoje (quarta), pela tarde, fizemos parte estratégica, vimos vídeos do Junior. Fizemos a análise do comportamento do rival, o mandante aqui. Os jogadores já sabem a escalação que vai jogar amanhã (quinta)", afirmou o treinador rubro-negro.

Bombardeado com perguntas sobre o assunto, Reinaldo Rueda preferiu não tomar partido sobre Alex Muralha ou César e elogiou os dois. "Creio que o caso do Muralha é um caso isolado de uma decisão errada em um momento preciso do jogo, mas são goleiros que trabalham muito bem. Tanto a tática individual quanto a tática da equipe. São jogadores que trabalham muito bem e têm excelentes condições. Sabemos o momento que cada um vive. Não é fácil porque estávamos com o Diego Alves. Com continuidade. Hoje nenhum goleiro tem essa quantidade de jogos (que o Diego Alves)", completou.