Auckland City vence na abertura do Mundial de Clubes

Esportes

Auckland City vence na abertura do Mundial de Clubes

Redação Folha Vitória

Rabat - Representante do anfitrião Marrocos, o Moghreb Tetouan foi eliminado logo na abertura do Mundial de Clubes da Fifa, nesta quarta-feira, em confronto contra o Auckland City. Na partida disputada em Rabat, o time neozelandês precisou dos pênaltis para superar a equipe da casa por 4 a 3, após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação.

O Moghreb se despediu da competição ao perder duas cobranças, com Jahouh e Khallati. O primeiro parou no goleiro Williams, enquanto o segundo acertou a última cobrança da equipe marroquina na trave. Pelo Auckland, Bilen teve sua penalidade defendida pelo goleiro Lyousfi.

A partida abriu o Mundial de Clubes, que pela primeira vez em cinco anos não contará com um representante do Brasil. A maior atração da competição será o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo e companhia. Atual campeão europeu, o time espanhol fará sua estreia direto nas semifinais, no dia 16, ainda sem adversário definido.

Antes disso, o Auckland City vai enfrentar o ES Sétif, da Argélia, nas quartas de final. O vencedor deste confronto, a ser disputado no próximo sábado, terá pela frente o argentino San Lorenzo, campeão da Copa Libertadores.

Foi a terceira vitória do Auckland na competição que disputa pela sexta vez. Antes vencera o Al Ahli, dos Emirados Árabes, e o Mazembe, da República Democrática do Congo. O time da Nova Zelândia tenta repetir sua melhor campanha no Mundial, obtida em 2009, quando terminou em quinto lugar.

Já o Moghreb Tetouan frustrou a torcida ao cair logo na estreia. Com o resultado, não conseguirá repetir o feito do também marroquino Raja Casablanca, que eliminou o Atlético Mineiro na semifinal e alcançou a decisão do Mundial, no ano passado - perdeu por 2 a 0 do Bayern de Munique e ficou com o vice-campeonato.