• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chelsea tropeça e fica só no empate com o Southampton pelo Inglês

Esportes

Chelsea tropeça e fica só no empate com o Southampton pelo Inglês

Southampton - O líder Chelsea tropeçou neste domingo e não passou de um empate diante do Southampton pela 19.ª rodada do Campeonato Inglês. Fora de casa, os comandados de José Mourinho esbarraram na forte marcação do adversário e ficaram no 1 a 1, para delírio do Manchester City, que pode cortar ainda mais a diferença na tabela.

O resultado levou o Chelsea a 46 pontos, o que faz com que o vice-líder Manchester City possa cortar a vantagem para apenas um ponto neste domingo. Se não vencerem o Tottenham na quinta-feira, fora de casa, os londrinos podem ser ultrapassados já na próxima rodada. O Southampton, por sua vez, segue fazendo ótima campanha e é o quarto, com 33 pontos. Na quinta, recebe o Arsenal.

O Southampton surpreendeu neste domingo, foi para frente e começou melhor. Aos 14 minutos, Fonte perdeu boa chance pela direita. Aos 16, não teve jeito e os donos da casa abriram o placar. Mané foi lançado da intermediária. Sozinho, viu Courtois sair desesperado e deu um belo toque de cobertura para vencer o goleiro belga.

O gol deixou a partida como o Southampton queria. Com a vantagem, a equipe recuou e impôs uma forte marcação, que fez com que o Chelsea praticamente não criasse ao longo do primeiro tempo. Só que aos 45 minutos apareceu o talento de Hazard. Ele recebeu pela esquerda, avançou, limpou dois marcadores e bateu cruzado para marcar um belo gol.

O Chelsea melhorou no segundo tempo com a entrada de Willian na vaga de Schürrle. A equipe londrina passou a ficar mais com a posse e teve bom momento aos 14 minutos, quando Fàbregas deu cavadinha no peito de Hazard, que dominou e bateu cruzado, rente à trave. Aos 18, Filipe Luis e Diego Costa fizeram boa tabela e o atacante só não marcou porque foi travado na hora da finalização.

Em certo momento, o jogo parecia um treino de ataque contra defesa, mas a forte marcação do Southampton levava a melhor. Vendo todas suas tentativas pararem na retranca adversária, o Chelsea pareceu se frustrar e nos últimos minutos o duelo equilibrou. Os visitantes ainda ficaram com um jogador a mais após a expulsão de Schneiderlin, mas já era tarde para buscar o segundo.