• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cielo vai à semi dos 100m com melhor tempo em Doha

Esportes

Cielo vai à semi dos 100m com melhor tempo em Doha

O nadador cravou a marca de 46s50 em sua bateria, pouco à frente do chinês Zetao Ning, que foi o segundo com o tempo de 46s76. A terceira colocação ficou com outro brasileiro: João de Lucca

Cielo ficou satisfeito com sua classificação, e deixou isso bem claro logo após sair da piscina Foto: Estadão Conteúdo

Doha - Depois de amargar a terceira colocação nos 50 metros livre, o brasileiro Cesar Cielo mostrou que está mesmo disposto a se recuperar deste resultado nos 100 metros livre do Mundial de Piscina Curta, em Doha, no Catar. Ele realizou o melhor tempo das eliminatórias deste sábado e garantiu vaga com tranquilidade nas semifinais, que serão disputadas à tarde, a partir das 13h (horário de Brasília).

O nadador cravou a marca de 46s50 em sua bateria, pouco à frente do chinês Zetao Ning, que foi o segundo com o tempo de 46s76. A terceira colocação ficou com outro brasileiro: João de Lucca, com 46s84. Principal rival de Cielo e vencedor nos 50 metros livre, o francês Florent Manaodou mais uma vez dosou seu ritmo e se classificou apenas com a décima melhor marca: 47s38.

Cielo ficou satisfeito com sua classificação, e deixou isso bem claro logo após sair da piscina. "Foi até melhor do que eu esperava. Eu errei na última virada, segurei um pouco no fim e ainda assim fiz um tempo muito bom. Agora é esperar a tarde para garantir um lugar na final de amanhã", disse ao SporTV.

Se Cielo foi bem nos 100 metros livre, o principal destaque brasileiro no Mundial até o momento, Felipe França, também fez bonito nas eliminatórias dos 50 metros peito. Dono de três medalhas de ouro até o momento, ele anotou o terceiro melhor tempo da manhã: 26s37. O nadador ficou atrás somente do britânico Adam Peaty, líder com 26s07, e do sul-africano Cameron van der Burgh, segundo colocado, que anotou 26s27.

Mas o Brasil ainda teve outros motivos para comemorar na manhã deste sábado. Um deles, foi a classificação da equipe do revezamento 4x50m livre misto. Alan Vitória, Henrique Martins, Daiane Becker e Alessandra Marchioro garantiram vaga na final com o segundo melhor tempo do geral, 1min31s68, atrás somente da equipe norte-americana, que cravou 1min30s80. Vale lembrar que o País já conseguiu o ouro no revezamento 4x50 medley misto em Doha.

Ainda neste sábado, Etiene Medeiros fez bonito e se classificou às semifinais de duas provas. Candidata ao ouro nos 50m costas, ela dosou seu ritmo e avançou com o nono melhor tempo, ao marcar 27s06. Já nos 50 metros livre, que não é sua especialidade, fez 24s56, na 13.ª posição, pouco à frente da compatriota Larissa Oliveira, que cravou 24s67, foi a 16.ª e também se classificou.

O Brasil também colocou dois nadadores em semifinais de outras duas provas. Nos 100 metros medley masculino, Henrique Rodrigues marcou 52s73 e se classificou, assim como Thiago Simon, que anotou 53s55. Já nos 100 metros borboleta feminino, Daiene Dias fez 56s87 e avançou, acompanhada de Daynara de Paula, que passou à semi com o tempo de 57s61.