Após confusão no Botafogo, Willian Arão é anunciado como reforço do Flamengo

Esportes

Após confusão no Botafogo, Willian Arão é anunciado como reforço do Flamengo

Redação Folha Vitória

Rio - Depois de um longo namoro que já vinha se prolongando pelos últimos meses, o Flamengo finalmente anunciou nesta segunda-feira Willian Arão como seu novo reforço. O jogador se destacou na campanha do título da Série B do Campeonato Brasileiro com a camisa do Botafogo, mas encerrou sua passagem pelo clube alvinegro de forma litigiosa. Agora, assinou contrato por três anos com o rival rubro-negro.

Willian Arão e o Botafogo já vinham se desentendendo desde a reta final da Série B, mas foi na última semana que a relação entre eles terminou definitivamente. Na quinta-feira, a Justiça do Rio deu ganho de causa ao jogador e o liberou de seu contrato com o clube. Na época, dirigentes alvinegros garantiram que ainda tinham esperança de vencer esta "batalha", mas agora parece que o destino do volante será mesmo no Flamengo.

Se o término do casamento com o Botafogo não foi dos melhores, a passagem de Willian Arão pelo clube foi bastante vitoriosa. O jogador chegou em meio ao pacote de reforços para o início deste temporada e foi um dos que mais se destacaram. Com a camisa alvinegra, ganhou maturidade e se transformou em um líder da equipe.

Todas estas características foram celebradas pelo novo técnico flamenguista, Muricy Ramalho. "O Arão fez uma grande temporada, chamou atenção de todos os técnicos do Brasil, sem dúvida. É um segundo volante moderno, jovem, que infiltra, faz gol e o mais importante, o jogador escolheu atuar pelo Flamengo. Isso é fundamental, ele está vindo com muita vontade para nos ajudar", declarou ao site do clube.

Willian Arão tem apenas 23 anos, mas já rodou bastante. Acumulou passagens por São Paulo, Grêmio Barueri, Espanyol e Corinthians, onde se firmou entre os profissionais e conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes de 2012. Mas a falta de espaço no elenco fez ele ir em busca de novas oportunidades, emprestado a Portuguesa, Chapecoense e Atlético-GO. No entanto, foi só no Botafogo que se destacou.