• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chris Froome e John Surtees são condecorados pela rainha Elizabeth

Esportes

Chris Froome e John Surtees são condecorados pela rainha Elizabeth

Londres - O jóquei Tony McCoy, o ex-atacante do Manchester United Denis Law, o bicampeão da Volta da França Chris Froome, o ex-piloto John Surtees estão entre as figuras esportivas do Reino Unido presentes nas listas de condecorações de ano novo da rainha Elizabeth.

Law, de 75 anos, que jogou pelo United entre 1962 e 1973 e fez parte da chamada "Santíssima Trindade" do clube com George Best e Bobby Charlton, se tornou um Comandante da Ordem do Império Britânico (CBE, na sigla em inglês) pelos serviços ao futebol e de caridade.

McCoy, que se aposentou este ano, depois de vencer 20 títulos britânicos e obter um recorde de 4.358 corridas em uma carreira de 23 anos no jóquei, foi nomeado cavaleiro em reconhecimento aos seus serviços às corridas de cavalos. Ele é apenas o segundo jóquei a se tornar um Sir, depois de Gordon Richards em 1953.

Surtees, o único homem a vencer campeonatos mundiais em duas e quatro rodas, se tornou um CBE. Surtees, de 81 anos, venceu sete mundiais de motociclismo antes de mudar para as quatro rodas e vencer o campeonato de Fórmula 1 de 1964.

Froome se tornou um oficial da Ordem do Império Britânico (OBE, na sigla em inglês) após ser o primeiro britânico a vencer pela segunda vez a Volta da França, em julho. O'Sullivan também foi premiado com um OBE, em reconhecimento aos seus serviços à sinuca, tendo vencido o campeonato mundial cinco vezes, o último deles em 2013.

O sucesso da equipe de futebol feminino da Inglaterra, que terminou o Mundial deste ano em terceiro lugar no Canadá, foi reconhecido com Fara Williams e capitã Steph Houghton se tornando Membro da Ordem do Império Britânico.

Heather Rabbatts, diretora da Associação de Futebol da Inglaterra que se tornou a primeira mulher a fazer parte do conselho da organização, foi premiada como o título de Dama Honorária pelo serviços ao futebol e à igualdade. Como uma ativista em nome das mulheres no esporte, ela apoiou publicamente a médica Eva Carneiro, que deixou o Chelsea após desentendimento com o técnico José Mourinho.

Ex-atacante e presidente Manchester City, Francis Lee recebeu uma CBE, enquanto o ex-jogador de rúgbi Mark Cueto e o boxeador Carl Frampton, campeão mundial dos supergalos pela Federação Internacional de Boxe, foram premiados com MBEs.