• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cleiton Xavier admite ano decepcionante no Palmeiras e treina durante as férias

Esportes

Cleiton Xavier admite ano decepcionante no Palmeiras e treina durante as férias

São Paulo - Ídolo da torcida do Palmeiras pelo que fez na sua primeira passagem pelo clube, entre 2009 e 2010, Cleiton Xavier reconhece que decepcionou no seu retorno ao clube no início deste ano. O jogador promete, porém, dar a volta por cima em 2016 e, fazendo uma avaliação deste ano, aponta as lesões e a dificuldade para se readaptar ao futebol brasileiro como razões para não ter se destacado como se esperava.

"Cheguei da Europa no início deste ano, não consegui fazer a pré-temporada e isso me prejudicou bastante. Sofri com lesões e, por isso, não tive uma sequência de jogos. Recebi muitas críticas e absorvi todas, pois eu sei o que posso render. Garanto que não existe nenhuma pessoa mais chateada do que eu. Só eu sei o tanto que me dediquei e sofri por não poder jogar, por isso estou treinando forte nas férias para chegar bem preparado em janeiro e ajudar o Palmeiras dentro de campo", analisou em entrevista ao site oficial do Palmeiras.

Em 2015, Cleiton Xavier entrou em campo apenas 17 vezes, sendo titular em apenas quatro oportunidades. Além disso, marcou apenas um gol. Com contrato até fevereiro de 2018, o meia quer dar a volta por cima e vem trabalho até nas férias, tanto que contratou um profissional para ajudá-lo a realizar o cronograma elaborado de treinamentos programado pelo fisioterapeuta do Palmeiras, Jomar Ottoni, e pelo preparador físico do clube, Juvenílson Souza. Ele realiza quatro sessões diárias por semana de exercícios de fortalecimento, estabilidade e resistência.

"Eu sei o quanto esses exercícios são importantes e resolvi ter a supervisão de um profissional, uma pessoa na qual eu confio, para poder me ajudar durante os treinos. Estamos trabalhando quatro vezes por semana e me sinto muito bem, cada dia melhor e com mais confiança", afirmou o meia, que está em sua cidade natal, em São José da Tapera, em Alagoas, e espera reconquitar seu espaço no Palmeiras em 2016.