Edu Dracena rescinde com o Corinthians e fica muito próximo do Palmeiras

Esportes

Edu Dracena rescinde com o Corinthians e fica muito próximo do Palmeiras

Redação Folha Vitória

São Paulo - A busca por um zagueiro experiente pode chegar ao fim no Palmeiras. Edu Dracena acertou nesta terça-feira a rescisão de contrato com o Corinthians e está livre para fechar sua ida para time alviverde sem custos. O jogador de 34 anos estava nos planos da diretoria palmeirense, que encontrava dificuldades justamente pelo fato dele ainda ter vínculo com o arquirrival.

A rescisão de contrato foi um pedido do jogador, que estava insatisfeito por ter sido pouco utilizado nesta temporada, embora tenha sido campeão brasileiro. O interesse do Palmeiras no jogador existe desde o ano passado, quando ele entrou na Justiça e deixou o Santos por falta de pagamento de salários.

Inicialmente, o Palmeiras não esperava que o negócio com Edu Dracena fosse adiante, já que o Corinthians poderia perder Felipe para o futebol europeu e ele aparecia como sucessor imediato da vaga para atuar ao lado de Gil. Entretanto, com a mudança de rumo, a diretoria palmeirense já deve entrar em contato para formalizar a proposta e fechar com o defensor.

Roger Carvalho, do Botafogo, é outro zagueiro que já foi contratado. A diretoria ainda pode ir atrás de outro nome para a posição. Réver, do Internacional, foi oferecido. Já o Corinthians confirmou a rescisão de contrato com Edu Dracena e deve segurar Felipe e Gil para o ano que vem. O técnico Tite conta ainda com Yago, Rodrigo San e Pedro Henrique.

Edu Dracena tinha contrato com o Corinthians até o final de 2016, mas ele preferiu não permanecer no clube. "Houve solicitação do jogador para interromper o contrato e, em comum acordo, ocorreu na tarde desta terça-feira a rescisão contratual", confirmou o Corinthians, em nota oficial, na qual lembrou que o atleta disputou 33 jogos, marcou dois gols e foi campeão brasileiro. "O clube agradece pelos serviços prestados durante a temporada e deseja sucesso ao atleta na sequência da carreira", encerra a nota.