Ganso discorda e faz Milton Cruz mudar alteração decisiva em vitória do São Paulo

Esportes

Ganso discorda e faz Milton Cruz mudar alteração decisiva em vitória do São Paulo

Redação Folha Vitória

Goiânia - A interferência do meia Paulo Henrique Ganso fez o técnico interino Milton Cruz mudar uma alteração neste domingo, no jogo contra o Goiás, em Goiânia. Ele iria colocar Rogério no lugar de Alan Kardec, mas o meia disse que era preciso manter o centroavante por sua utilidade nas bolas altas. O treinador, então, tirou o meia Michel Bastos.

"Percebi que precisava de um jogador alto. Mais gente falou e, pelo barulho, o Milton não estava ouvindo, por isso que a gente gesticulou", explicou Paulo Henrique Ganso logo após a partida, que terminou com vitória por 1 a 0 e classificação à Copa Libertadores de 2016. "O empate já nos garantia a vaga, mas conseguimos vencer a partida. O jogo foi amarrado, mas tivemos mais chances claras de marcar o gol. Felizmente conseguimos aproveitar uma e estamos novamente na Libertadores", completou.

Autor do gol do triunfo são-paulino, Rogério festejou bastante e já projetou os desafios do clube no próximo ano. "Cheguei ao clube para somar e ajudar. E para o São Paulo não existe outro resultado que não seja a vitória. Esse é o nosso espírito! O gol de hoje (domingo) foi como o de um título porque premiou todo o grupo. Ganhamos uma vaga na Libertadores e é isso que importa. Agora vamos descansar e depois entrar firme na briga pelo título da Libertadores", afirmou.

O goleiro Rogério Ceni não pôde atuar neste domingo e virou torcedor. Viu quase todo o jogo nas tribunas do estádio Serra Dourada e depois foi ao campo festejar a vaga na Libertadores com os companheiros. O São Paulo ainda procura um treinador. Cuca e Paulo Autuori são candidatos, mas a diretoria fez contato com o catalão Fernando Jubero, ex-técnico do Guaraní, do Paraguai, que tem estilo bem parecido com o do colombiano Juan Carlos Osorio.