Lausanne decide acolher convenção da SportAccord após crise no órgão

Esportes

Lausanne decide acolher convenção da SportAccord após crise no órgão

Redação Folha Vitória

Lausanne - Quase dissolvida depois da crise com o Comitê Olímpico Internacional (COI), em maio, a SportAccord tenta se reerguer. Nesta terça-feira, a cidade austríaca de Lausanne, casa do COI e de diversas federações internacionais olímpicas, anunciou que receberá no próximo ano a ainda prestigiada Convenção da SportAccord, maior convenção do esporte no mundo. O evento acontecerá entre 17 e 22 de abril.

Como a SportAccord reúne, sob o seu guarda-chuva, todos os principais atores do esporte no mundo, entre confederações nacionais, federações internacionais, sindicatos e organizadores de eventos, diversos outros congressos acontecem paralelamente, na mesma cidade, durante seu congresso.

Em junho, o governo da Rússia decidiu romper o contrato que havia firmado com a SportAccord para receber, em Sochi, as quatro próximas edições do congresso. No primeiro evento do acordo, este ano, o evento contou com a participação de cerca de 2.500 delegados.

Foi durante a abertura da convenção que o então presidente da SportAccord, Marius Vizer, fez duras críticas ao COI e deu início a uma crise no movimento olímpico. O dirigente do judô renunciou no fim de maio, mas antes de ele abandonar o barco a entidade afundou.

A SportAccord perdeu o acesso à verba que era oferecida pelo COI e viu o Peru desistir de receber os Jogos Mundial de Combate de 2017 em Lima. Os Jogos Mundiais de Praia passaram para a Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC), braço do COI.

Restou só a Convenção, que chegou a ser dada como certa que aconteceria em Dubai no próximo ano, mas o emirado árabe desistiu antes de assinar contrato. Doha também foi especulada, mas o Catar acabou depois optando por receber a assembleia geral da ANOC, que estava marcada para o Rio e foi transferida à pedido do Brasil.

Assim, serão em Doha e em Lausanne os dois principais eventos políticos de 2016 no esporte olímpico. A cidade suíça, que organizará os Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno em 2020, foi estabelecida como sede do COI em 1915 e, na comemoração de 100 anos desta data, em abril passado, assinou acordo para continuar como sede até 2115.