Leandro Damião consegue liminar na Justiça para rescindir com o Santos

Esportes

Leandro Damião consegue liminar na Justiça para rescindir com o Santos

Mesma com o contrato rescindido, o Santos não está livre de quitar o pagamento pelo jogador. A compra de Damião em 2014 veio com recursos do fundo financeiro Doyen Sports

Redação Folha Vitória
Foto: Estadão Conteúdo

São Paulo - O empresário do atacante Leandro Damião, Vinícius Prates, conseguiu nesta quinta-feira uma liminar na Justiça e rescindiu o vínculo do jogador com o Santos, clube que o contratou em janeiro de 2014 por R$ 41 milhões. O atleta atuou na temporada 2015 emprestado ao Cruzeiro e agora, liberado do clube da Vila Belmiro, viaja para tirar férias em Porto Alegre, onde poderá assinar com o Inter, time em que começou a carreira profissional.

Em nota oficial, o Santos confirmou a decisão da Justiça. "O atacante Leandro Damião conseguiu uma liminar em Brasília, e o clube não comenta decisões judiciais. O departamento jurídico trata o assunto", diz o texto. Damião deixou a equipe paulista no começo de 2015, quando alegou atrasos salariais. Logo depois, transferiu-se para o Cruzeiro.

O advogado do atacante, Roberto Siegmann, é ex-dirigente do Inter e acionou a Justiça contra o Santos ao alegar atrasos no pagamento de salários, direitos de imagem e recolhimento de FGTS. Em junho deste ano Damião também acionou a Justiça para tentar rescindir com o time paulista, mas houve recurso, que ainda não foi julgado.

Mesma com o contrato rescindido, o Santos não está livre de quitar o pagamento pelo jogador. A compra de Damião em 2014 veio com recursos do fundo financeiro Doyen Sports, em contrato que prevê o pagamento de 10% anuais de juros por atrasos.

Na última sexta-feira, Damião usou as redes sociais para fazer uma carta de despedida aos torcedores do Cruzeiro. No adeus, o atacante festejou o fato de que recuperou o faro de gol após a sua péssima passagem pelo time paulista.

"Estou de partida. Estou deixando o Cruzeiro Esporte Clube que, durante o ano de 2015, foi a minha casa. Aqui fui recebido com muito carinho, profissionalismo e aprendi o verdadeiro significado da palavra companheirismo. Vinha de um ano ruim e aqui pude encontrar novamente aquilo que era minha função: fazer gols", afirmou o jogador, naquela ocasião.

Embora não tenha conseguido se tornar uma unanimidade no Cruzeiro, Damião foi o artilheiro do time no ano, com 18 gols em 46 partidas, sendo 37 delas como titular.