Presidente do Atlético-MG prevê desgaste com viagens na Libertadores

Esportes

Presidente do Atlético-MG prevê desgaste com viagens na Libertadores

Redação Folha Vitória

Assunção - O Atlético Mineiro saiu satisfeito do sorteio dos grupos da Copa Libertadores, na noite desta terça-feira, em Assunção. Mas o presidente Daniel Nepomuceno admitiu a preocupação com o desgaste do elenco nas viagens que o time fará para jogar no Chile e no interior do Peru, em seus jogos no Grupo 5.

O Atlético enfrentará Colo-Colo e Melgar, do Peru, e pode fazer outra viagem longa, para o Equador, caso o Independiente del Valle elimine o Guaraní, do Paraguai, na fase preliminar.

"Temos uma viagem um pouco mais complicada para o interior do Peru e aguardamos a definição do outro adversário. O importante é estar bem preparado porque só tem pedreira", projetou o presidente do clube mineiro.

Para Nepomuceno, será um grupo complicado. Ele, contudo, acredita que as dificuldades do início podem ajudar o Atlético. "Libertadores não tem jogo fácil. Em 2013, pegamos um grupo complicado e isso nos fortaleceu para conquistar o título", afirmou, apontando o Colo-Colo como principal rival nesta fase. "É um adversário que conhecemos, jogamos contra eles este ano, é um clube de tradição."

Já o diretor de futebol, Eduardo Maluf, se disse satisfeito com os futuros rivais do Atlético. "Gostei. Pela vivência que temos na Libertadores, o grupo é bom quando a gente se classifica e faz uma boa campanha. Já tivemos grupos difíceis e o Atlético se saiu muito bem. É um grupo equilibrado e aparentemente bom", disse o dirigente, em entrevista à rádio Itatiaia.