Anthony Joshua mantém cinturão dos pesos pesados e lutará com Klitschko em 2017

Esportes

Anthony Joshua mantém cinturão dos pesos pesados e lutará com Klitschko em 2017

Redação Folha Vitória

Manchester - O britânico Anthony Joshua venceu neste sábado, em Manchester, o norte-americano Eric Molina por nocaute técnico e manteve o cinturão dos pesos pesados da Federação Internacional de Boxe. Agora, ele vai se preparar para encarar o ucraniano Wladimir Klitschko no primeiro semestre de 2017.

Com isso, Joshua ampliou a sua invencibilidade para 18 lutas desde que se tornou profissional depois de conquistar uma medalha de ouro olímpica nos Jogos de Londres, em 2012.

Após a luta deste sábado, Wladimir Klitschko entrou no ringue na Manchester Arena, apertou as mãos de Joshua, e o anúncio que muitos fãs do boxe esperavam foi realizado: eles vão se enfrentar em 29 de abril de 2017 no estádio de Wembley, em Londres.

"Vocês querem ver uma grande luta? Vocês querem ver uma luta onde dois campeões olímpicos estão envolvidos? Vocês quer verem um Luta AJ contra WK? Vocês terão", disse Klitschko. Em um sinal do respeito entre os dois lutadores, o ucraniano se voltou para Joshua e disse: "Eu te amo, você é impressionante".

Após quase uma década de domínio dos pesos pesados, Klitschko perdeu seus títulos da Federação Internacional, da Organização Mundial e da Associação Mundial e Boxe com uma surpreendente derrota para Tyson Fury em novembro de 2015.O boxeador ucraniano não lutou desde então, com uma revanche contra o britânico sendo adiada duas vezes. "Esse cara quer o cinturão de volta", disse Joshua, apontando para Klitschko. Deixe o melhor homem ganhar".

Molina, de 34 anos, perdeu as duas lutas que fez pelo título, tendo também sido nocauteado pelo campeão do Conselho Mundial de Boxe, o norte-americano Deontay Wilder, no ano passado.

Neste sábado, lutou na defensiva e nunca ameaçou Joshua, cujo jab esquerdo balançou o americano no primeiro round. Joshua dominou o segundo, ainda que sem grandes golpes. Um direto de direita mandou Molina para o chão no terceiro. Ele se levantou, mas levou uma sequência de golpes até o árbitro encerrar a luta.

Joshua venceu todas as suas lutas da sua carreira por nocaute e nunca foi além do sétimo round. "Continuemos", disse o britânico, que defendeu seu cinturão da Federação Internacional de Boxe pela segunda vez. "Este não é o fim da história".