• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cleiton Xavier faz comparação com 2009 e diz que elenco de 2016 fez a diferença

Esportes

Cleiton Xavier faz comparação com 2009 e diz que elenco de 2016 fez a diferença

São Paulo - Depois de ver o título do Campeonato Brasileiro escapar em 2009, o meia Cleiton Xavier finalmente conseguiu comemorar a conquista da competição nacional nesta temporada e acabar de vez com eventuais comparações que precisou responder durante o ano.

"Eu sempre disse que não via tantas semelhanças com 2009, a não ser pelo fato de o Flamengo ter sido o segundo colocado na maior parte do tempo. Em 2016, nosso elenco era bem qualificado. Os jogadores reservas foram muito importantes, principalmente na reta final. Talvez tenha faltado isso em 2009. Nós tínhamos ótimos jogadores, mas o nosso elenco era mais enxuto", comentou o jogador.

Há sete anos, o Palmeiras despontou no primeiro turno como principal candidato ao título. Chegou a liderar a competição durante boa parte da temporada, mas perdeu força na reta final e viu a taça terminar nas mãos do Flamengo.

Na época, Cleiton Xavier era titular absoluto. Neste ano, o meio-campista conseguiu comemorar também a volta por cima. Recontratado em 2015, ele sofreu com uma série de lesões. Em 2016, realizou um trabalho especial e teve grande importância especialmente nos últimos jogos da temporada.

"Só eu e minha família sabemos o quanto sofri em 2015. Nenhum jogador quer ficar de fora, principalmente por lesão. O que aconteceu comigo foi atípico, pois jamais havia passado por isso. Em 2016, contratei profissionais, treinei nas férias e trabalhei de forma diferenciada com o pessoal do Palmeiras. Apesar de ter parado um pouco no primeiro semestre para me recondicionar bem, pude atuar em 35 jogos no ano, sendo 30 no Brasileiro, marcar gols importantes e, claro, gritar é campeão mais uma vez", disse.

Dos 30 jogos no Brasileirão, Cleiton Xavier destacou dois em que balançou as redes. Na vitória sobre o Corinthians por 1 a 0, no primeiro turno, e no triunfo por 1 a 0 sobre o Internacional, na 34.ª rodada. "Os gols sempre são inesquecíveis. Foram vitórias fundamentais para o título. O Palmeiras é a minha casa e fico feliz de ter voltado e já ter conquistado dois campeonatos nacionais", finalizou.

Além da conquista do Brasileirão, Cleiton Xavier ajudou o Palmeiras em 2015 a faturar a Copa do Brasil. Atualmente com 33 anos, o meio-campista ainda tem mais um ano de contrato com o time alviverde. Sem falar sobre a aposentadoria, a sua expectativa para a próxima temporada está especialmente na conquista da Copa Libertadores.