Líder de investigação de doping no caso da Rússia pede demissão no COI

Esportes

Líder de investigação de doping no caso da Rússia pede demissão no COI

Redação Folha Vitória

Lausanne - Responsável pela investigação do caso de doping da Rússia, o francês Guy Canivet deixou suas funções no Comitê Olímpico Internacional (COI), nesta terça-feira, a poucos dias da divulgação de um novo relatório sobre o caso. De acordo com o COI, Canivet se afastou por "forte razões pessoais".

Ex-juiz da Corte Constitucional da França, ele renunciou ao seu cargo de vice-presidente da Comissão de Ética do COI e ao cargo de presidente da comissão de investigação dos casos de doping da Rússia. Canivet liderava tanto o caso de doping sistemático no esporte russo quanto a denúncia de manipulação de amostras durante os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, em 2014.

A renúncia do francês acontece a três dias da publicação do novo relatório do advogado canadense Richard McLaren sobre as duas frentes de investigação de doping na Rússia. Canivet será substituído pelo ex-presidente da Suíça, Samuel Schmid, que atualmente integra a Comissão de Ética do COI.