Pressionado a manter alto nível, Bruno Soares viaja para iniciar ano em Doha

Esportes

Pressionado a manter alto nível, Bruno Soares viaja para iniciar ano em Doha

O brasileiro avalia que será cobrado para manter o ótimo rendimento dos últimos meses, que colocaram ele e o parceiro Jamie Murray como melhor dupla do mundo

Redação Folha Vitória
Bruno Soares viaja para iniciar ano em Doha Foto: Reprodução/Instagram

Belo Horizonte - Após brilhar em 2016, Bruno Soares embarca nesta quarta-feira para Doha, onde vai iniciar uma temporada em que entrará em quadra mais pressionado. Afinal, o brasileiro avalia que será cobrado para manter o ótimo rendimento dos últimos meses, que colocaram ele e o parceiro Jamie Murray como melhor dupla do mundo, fruto também da conquista do Aberto da Austrália e do US Open.

"Ano passado era um ano de mudanças e incertezas. Tínhamos muita expectativa, mas também muitas dúvidas e acabou sendo um ano fantástico. Agora a pressão e a responsabilidade aumentam, mas a motivação aumenta de mais também, por sabermos do nosso potencial. Queremos continuar a conquistar coisas grandes, ganhando Grand Slam e brigando pelo posto de número um", avaliou Bruno Soares.

A partir de 2 janeiro, o brasileiro e Jamie Murray vão disputar o Torneio de Doha, um ATP 250. Na semana seguinte, o desafio será o Torneio de Sydney, seu último evento de preparação para o Aberto da Austrália, que começará no dia 16. Em Melbourne, ele e o parceiro terão o desafio de defender o título conquistado na última temporada.

Os último dias foram de treino para Soares em Belo Horizonte, mas sem a presença de Murray, que ficou nos Estados Unidos. O brasileiro revelou, porém, que vinha mantendo contato com o parceiro, já visando o início da próxima temporada do circuito mundial do tênis.

"Continuamos esse trabalho duro que fizemos o ano passado todo. Estamos nos falando muito nos últimos dias - eu aqui em BH e o Jamie nos EUA - para colocar os ajustes em dia, já pensando no começo do ano em Doha e na Austrália, que tem Grand Slam logo no início do ano", afirmou Soares, que depois do Grand Slam em Melbourne voltará para a América do Sul, onde jogará o Rio Open, previsto para começar em 20 de fevereiro.

Em 2016, além de ter vencido o evento de duplas do Aberto da Austrália, Soares também foi campeão de duplas mistas ao lado da russa Elena Vesnina. Com isso, se tornou o primeiro brasileiro desde Maria Esther Bueno em 1960 a vencer dois títulos no mesmo torneio do Grand Slam.