Gilson Kleina pede concentração na Chapecoense para buscar vaga na Libertadores

Esportes

Gilson Kleina pede concentração na Chapecoense para buscar vaga na Libertadores

Redação Folha Vitória

Chapecó (SC) - Um ano depois da tragédia aérea na Colômbia, a Chapecoense tem a chance de garantir a sua presença na Copa Libertadores do ano que vem através do Campeonato Brasileiro. Na nona colocação, o time catarinense tem 51 pontos e recebe o Coritiba, neste domingo, às 17 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 38.ª e última rodada.

Para não precisar torcer pelo título do Flamengo na Copa Sul-Americana, o que abriria mais uma vaga aos clubes brasileiros, a Chapecoense precisa vencer e torcer para Botafogo, Vasco ou o próprio Flamengo tropeçarem nesta rodada.

O técnico Gilson Kleina, porém, quer que os jogadores se preocupem apenas com o Coritiba. "É um jogo que passa muito pelo emocional. Temos que entrar para ganhar e fazer o nosso papel. Pedi para eles manterem o foco, a concentração. Disputar a Libertadores seria um grande feito no ano", disse o treinador.

Na última sexta-feira, Gilson Kleina conversou com os jogadores antes do treinamento realizado no CT da Água Amarela, onde praticamente definiu o time titular com três mudanças. Na defesa, Fabrício Bruno ganhou a disputa com Douglas, que vai para o banco de reservas, assim como o volante Amaral, que dá lugar para Moisés Ribeiro. Após cumprir suspensão diante do Bahia - vitória por 1 a 0 -, Arthur Caíke entra na vaga de Luiz Antônio e deixa o time mais ofensivo.