'Pato é Pato, eu sou o André', diz atacante corintiano após perder pênalti

Esportes

'Pato é Pato, eu sou o André', diz atacante corintiano após perder pênalti

Redação Folha Vitória

São Paulo - André se defendeu das críticas após ter perdido um pênalti na eliminação do Corinthians para o Nacional, do Uruguai, na Libertadores na noite desta quarta-feira em Itaquera. O atacante desperdiçou sua cobrança quando o jogo estava 2 a 1, aos 38 minutos do segundo tempo.

"Bati do mesmo jeito que treinei, mas bati mal", desabafou o jogador. "É muito difícil perder desse jeito, ainda mais pênalti desperdiçado", completou.

O Corinthians desperdiçou seu sétimo pênalti na temporada em 11 (contanto as cobranças na eliminação para o Audax). No fim do jogo contra o Nacional, o estreante Marquinhos Gabriel ainda fez, de pênalti, o gol de empate (2 a 2). Mas o resultado ainda favoreceu o Nacional, que avançou às quartas de final, pois na partida de ida houve empate por 0 a 0 e os uruguaios passaram pelo maior peso dos gols fora de casa.

André disse ainda que não teme ficar marcado como Alexandre Pato, que perdeu um pênalti contra o Grêmio na eliminação do Corinthians da Copa do Brasil de 2013. "Pato é Pato, eu sou o André", disse o jogador. Pato, hoje no Chelsea, tentou dar uma cavadinha e desperdiçou a cobrança naquela ocasião, em disputa decisiva por penalidades realizada em Porto Alegre.