• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Campeões olímpicos Alison e Bruno festejam vitória em terras capixabas neste sábado

  • COMPARTILHE
Esportes

Campeões olímpicos Alison e Bruno festejam vitória em terras capixabas neste sábado

Em um confronto simplesmente emocionante, a dupla brasileira superou os italianos Paolo Nicolai e Daniele Lupo por 2 sets a 0, na noite da última quinta (18), na Arena do vôlei de praia

A vitória consagra o capixaba Alison Cerutti e o brasiliense Bruno Schmidt, que juntos, levaram o país a conquista de uma medalha de ouro na modalidade após 12 anos Foto: Agência Estado

O Brasil atingiu o lugar mais alto do pódio no vôlei de praia ao vencer a grande final no masculino dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A vitória consagra o capixaba Alison Cerutti e o brasiliense Bruno Schmidt, que juntos, levaram o país a conquista de uma medalha de ouro na modalidade após 12 anos. Neste sábado, a dupla campeã olímpica virá ao Espírito Santo festejar com o povo capixaba. 

Em um confronto simplesmente emocionante, a dupla brasileira superou os italianos Paolo Nicolai e Daniele Lupo por 2 sets a 0, na noite da última quinta-feira (18), na Arena do vôlei de praia, em Copacabana. O capixaba, experiente em grandes decisões, havia conquistado a medalha de prata nos Jogos de Londres, quando fazia dupla com Emanuel. Com a vitória no Rio, Alison se torna o primeiro capixaba a levar uma medalha de ouro olímpica.

Confira a galeria de fotos da conquista!

Alison ressaltou a força da parceria com Bruno e afirmou que as derrotas ensinaram muito à dupla, que se superaram em diversos da Olimpíada. O capixaba revelou a sensação de subir ao lugar mais alto no pódio. "Ser medalhista de ouro é incrível, cara. Não caiu a ficha, nem vai cair tão cedo. É a realização de um sonho para o meu País, que merece. Nós, o povo brasileiro, trabalhamos muito, acordamos cedo, e só temos notícias ruins. Esse povo merece todo esse carinho e essas coisas boas", disse.

Campeões Olímpicos no ES

Alison e Bruno estarão em terras capixabas neste sábado (20) para comemorar a conquista olímpica. A dupla chegará ao Aeroporto Eurico de Aguiar Salles, em Vitória, às 10h, onde será recepcionada pela torcida. Um caminhão do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) fará uma carreata com os campeões pelas ruas da capital capixaba.

Alison e Bruno se juntaram no começo do ano de 2014 Foto: CBV/Divulgação

Histórico dos atletas

Alison e Bruno se juntaram no começo do ano de 2014. O capixaba encerrava um ciclo com Emanuel e desejava voltar a morar em Vitória. O convite para formar dupla foi feito a Bruno Schmidt, que vinha jogando ao lado de Pedro Solberg e se destacava nos circuitos nacional e internacional. Bruno, que morou boa parte da vida em Vila Velha, gostou da ideia e ambos foram treinar ‘em casa’, sob comando do técnico Leandro Brachola.

Os dois chegaram a jogar juntos em 2005 e 2006, quando ainda iniciavam nas areias do Espírito Santo. Conquistaram o bicampeonato do SuperPraia e embalaram no Circuito Mundial em 2015. Foram campeões do principal evento do ano, a Copa do Mundo, na Holanda, e das etapas da Suíça, Japão, EUA, Polônia e EUA (World Tour Finals).

Alison, que é flamenguista apaixonado e quando criança queria ser jogador de futebol, começou a jogar vôlei no tradicional clube capixaba Álvares Cabral, em 2001. Em 2004, depois de assistir aos jogos de Loiola e de Fábio Luiz, principais representantes do Espírito Santo nas areias, começou a pensar em trocar de quadra.

Começou nas areias com seu atual técnico, Leandro Brachola, inicialmente servindo de sparing para Loiola, catando bolas nos treinos. A convivência com grandes ídolos fez o amor crescer pela praia, assim como os bons resultados colhidos nas categorias de base. Mamute também já passou por momentos de provação na carreira. Operou o joelho no fim de 2014, em 2015, perto do retorno, teve uma apendicite, mas superou tudo.

Quando não está treinando ou jogando, o "Mamute" gosta de escutar música, viajar, e de navegar na internet, além de estar com seus familiares. Também adora passear com seu buldogue King em um dos seus carros modificados, outra de suas paixões.

Sobrinho do ex-jogador de basquete Oscar Schmidt, Bruno começou no vôlei de quadra em 2002, no Iate Clube de Brasília. Antes, porém, já brincava no vôlei de praia em peladas na cidade de Cabo Frio (RJ), onde passou boa parte da infância, atuando ao lado do pai, Luiz Felipe. Também jogou basquete em Brasília, mas somente nas categorias de base.

Iniciou na praia em 2004 e, no ano seguinte, começou a participar regularmente do Circuito Banco do Brasil. Sempre precisou provar que a estatura considerada baixa não impedia de ser um grande atleta. Em 2006, foi campeão mundial sub-21 com Pedro Solberg. Formou longa parceria com o capixaba Billy e com o próprio Alison, atual parceiro, no início da carreira. Neste período já era comandado por Brachola, seu atual treinador.

Bruno é fã de esportes radicais como o surfe, windsurf e skate, mas pouco os pratica pela vida corrida de atleta e cuidados com o corpo. É um exímio saxofonista, gosta de estar com a esposa e os familiares, além de ouvir música e assistir filmes. Os Jogos do Rio serão a segunda participação olímpica de Alison e primeira de Bruno Schmidt.