Especial Dia da Toalha: gamers revelam como os jogos mudaram suas vidas

Games

Especial Dia da Toalha: gamers revelam como os jogos mudaram suas vidas

Igor “Nescau” Menezes e Raphael “Dedé” Gomes revelam como os jogos mudaram drasticamente suas vidas e seus planos para o futuro.

Rômulo Justen

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação / V2MM
Nescau em uma de suas lives

Mais que “apenas joguinhos para entretenimento”, os games são, por meio dos e-sports, profissão daqueles que se destacam no meio, seja no cenário competitivo ou no entretenimento. Mas, ao contrário das profissões mais tradicionais, os games podem virar a vida desses players cabeça para baixo em pouco tempo.

Foto: Reprodução

Foi isso que aconteceu com o influencer da Los Grandes Raphael “Dedé” Gomes, de 24 anos, que estourou no início da pandemia com vídeos de humor e streams de Free Fire. Na época, ele estava saindo da Marinha e planejava se mudar para Portugal para trabalhar como descortiçador. Após a reviravolta de sucesso, ele pôde ajudar seus familiares e comprou a primeira casa própria para o avô, que ajudou em sua criação.

Foto: Divulgação / V2MM

Para isso, ele pagou 50 mil reais à vista, dinheiro que conseguiu com contratos, patrocínios e lives desde o início da pandemia. “Não sou de gastar muito, vivo com pouco. Então, tinha esse dinheiro guardado e usei para ajudar quem sempre nos ajudou”, disse.

Nascido em Niterói (RJ), mas criado no litoral pernambucano, Dedé deve seu sucesso aos games, que o ajudaram a tentar seguir seu sonho ao invés de deixar o país por um emprego onde poderia ser infeliz.

Dedé está atualmente fazendo lives no BOOYAH! e tem seu dia-a-dia contado no Instagram.

“Lives fizeram eu me aceitar”

O streamer Igor “Nescau” Menezes, de 21 anos, sempre escondeu que nasceu com uma má formação nos dois braços de seus amigos que fazia pela internet e pessoas que nunca o viram pessoalmente. Ele, que faz livestreams de Free Fire há três anos e alcança mais de três milhões de visualizações mensalmente, decidiu contar a todos sobre a deficiência após receber o apoio de sua comunidade.

__________________________________________________________

LEIA TAMBÉM:

A jornada de Luan ClashWar até o sucesso com Free Fire
AbleGamers é uma das apoiadoras do LATAM Acessibility Awareness Tournament

__________________________________________________________

Igor nasceu com uma má formação genética nos membros superiores, que fez com que os braços não se desenvolvessem completamente. Ele conta que como parte de sua adaptação e fisioterapia, ganhou um computador aos 4 anos. O uso do computador lhe rendeu a descoberta do amor por jogos online.

Foto: Divulgação / V2MM

Consequentemente comecei a jogar Grand Chase, e foi lá que eu vi que tinha talento pra coisa. Em seguida joguei League of Legends, depois CS:GO. Por fim, fui pro Free Fire”, relembra.

Ele começou a fazer as lives jogando em novembro de 2019, pelo Facebook Gaming, após o incentivo de um amigo que já streamava o game. No entanto, ao invés de mostrar suas mãos, ele sempre arranjou uma maneira de driblar a câmera e jamais revelou sua deficiência aos seus seguidores.

A decisão de não mostrar seus braços foi tomada por receio de julgamentos e surgimento de haters. “A gente sabe que na internet tem a galera que apoia, mas tem aquele pessoal que tá ali só para te criticar. Naquela época, eu não tinha cabeça o suficiente para lidar com isso”, assume o streamer.

Hoje, com mais de 600 mil seguidores só no Facebook Gaming, plataforma em que faz seus vídeos ao vivo, Nescau consegue um alcance médio mensal de 3 milhões de espectadores. Com um público sólido, ele sente que este é o momento de revelar sua deficiência e mostrar que ela não o impede de produzir seu próprio conteúdo e crescer ainda mais.

Com isso, ele espera poder incentivar outras pessoas a superarem suas dificuldades e a não desistirem de seus sonhos e objetivos. “Quero incentivar a galera com outras deficiências, sejam quais forem, que desistem porque acham que não conseguirão”, diz. “Quero mostrar que é realmente possível”.

Acompanhe as lives de Nescau através do Facebook e do Instagram.

Pontos moeda