O caminho do amor próprio

Amor próprio é o sentimento que deve nortear a nossa vida, porém é facilmente confundido com egoísmo, vaidade e egocentrismo. Na verdade, um vai na contramão dos outros. Pessoas que cultivam o amor próprio, têm mais facilidade para doarem-se sem medidas, sem criar grandes expectativas em relação aos outros.

Sentem-se completas, são leves e possuem muito amor para compartilhar também. No
entanto, pensando que o Universo é perfeito e que a nossa colheita está de acordo com a nossa plantação, ao cultivarmos relacionamentos sadios, baseados na gentileza, inevitavelmente será amor que receberemos de volta, sem demasiadas exigências e aceitando as dificuldades como parte de um grande processo evolutivo.

Aproprio-me, aqui, de uma frase do grande mestre Carl Gustav Jung: “onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro.” Pessoas que se amam possuem um grande poder sobre a própria vida, buscando compreender os seus pensamentos e emoções, portanto, não sentem necessidade de empoderar-se da vida do outro, como se a sua verdade fosse a única possível.

Ignorar as necessidades alheias e acreditar que as suas crenças são as únicas verdadeiras e todo o resto pode ser desconsiderado é egocentrismo e vaidade. Entrar em jogos de poder, agir com autoritarismo é certeza de um caminho de falência pessoal e conjugal. No entanto, ao adotarmos uma postura positiva de respeito, cuidado, tolerância, equilíbrio, perante a própria vida e ao relacionar-se com os outros, trilhamos o caminho do AMOR PRÓPRIO.

Afinal, doamos aquilo que transbordamos. O amor próprio pode ser reconstruído, resgatado, curado. E este caminho de reconstrução não é, necessariamente, linear. Existem altos e baixos neste processo. Então, paciência contigo. Se você está neste caminho, certamente,
está fazendo uma excelente escolha: cultivando o amor, podemos brilhar muito mais.

* artigo escrito por Gisele Mendonça, Psicóloga parceira da Positiv Network.

** conteúdo em vídeo no canal do YouTube, inscreva-se!

*** receba os artigos em primeira mão e de fácil compartilhar, clicando aqui.

3 Respostas para “O caminho do amor próprio

  1. Adorei! Estou nesse caminho e certamente é cheio de altos e baixos, não podemos desistir. O coaching realizado com você me ajudou muito e agora o meu processo terapêutico.

  2. Exato…!!! Parabéns, Querida!! Adorei sua reflexão e concordo em gênero, número e grau…!! 👍❤️👏👏 Tudo eh mais fácil e prazeroso qdo temos amor proprio, pois assim podemos envolver o outro c. este sentimento tão nobre. 👍😍💜

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *