Plataforma educacional da Mangahigh é pioneira no desenvolvimento de raciocínio por meio de games ao redor do mundo

Mangahigh
Compartilhe esta notícia

A Mangahigh é uma das primeiras edtechs do mundo a produzir conteúdo didático de matemática e raciocínio lógico por meio de games para crianças e adolescentes. Criada pelos mesmos desenvolvedores do mobile game Candy Crush, a instituição faz games em conformidade com o currículo de escolas da América do Norte, América do Sul, Ásia, Europa e Oceania. A marca alia a pedagogia com o lúdico, fazendo com que haja maior engajamento dos estudantes.

No Brasil desde 2012, os estudantes que utilizam a plataforma aprendem álgebra, probabilidade, medidas, conhecimento dos números, estatística e geometria por meio de jogos específicos. Todos estão de acordo com as competências exigidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Além disso, há jogos para além da matemática, que incluem linguagens de programação, como Python e Blocky.

Os games são projetados para alunos a partir do cinco anos de idade, e os professores podem acompanhar o progresso da turma e dos estudantes por meio de uma plataforma própria. O aprendizado de cada aluno é personalizado por meio de algoritmos, dessa forma os educadores podem selecionar atividades e modificar parâmetros, como o tempo e o cronômetro.

A eficiência da Mangahigh em promover o conhecimento está baseada em quatro pilares: adaptabilidade, automaticidade, disciplina e autoaprendizagem, e aplicação da teoria. Os games ajustam os níveis de dificuldade de acordo com o usuário, a fim de proporcionar um desafio e estímulo.

Os jogos também exigem repetição, ideal para fixar o conteúdo no processo de alcançar o meta-objetivo proposto. Além disso, o material desperta a curiosidade do estudante ao incentivar a formulação de hipóteses, as tentativas e a aplicação prática. Todos esses elementos elevam o nível de interesse dos estudantes.

Mangahigh faz parceria com o Estado de São Paulo em 2021

O Governo de SP firmou para a rede estadual de ensino uma parceria com a Mangahigh. Ao todo, mais de 1,5 milhão de estudantes do ensino fundamental I ao ensino médio serão beneficiados com o acesso à plataforma durante os anos letivos 2020-2021.

A parceria chega em um momento de grande necessidade de adaptação para educadores e estudantes. Pois, nesse momento, eles precisam ser empoderados para o protagonismo na aprendizagem remota em um cenário de isolamento social.

“Nesse contexto, o uso das tecnologias no ensino-aprendizagem se transformou em uma necessidade universal e não apenas um diferencial, disponível para poucos. Essa é a nova realidade, e nós viemos para contribuir para a democratização da aprendizagem”, diz George Balbino, vice-presidente da Mangahigh no Brasil.

Estudantes terão à disposição uma ferramenta tecnológica lúdica, com recursos de gamificação, por meio de quizzes e games, alinhados à BNCC. Por meio da utilização de inteligência artificial, a plataforma personaliza a experiência de aprendizagem da matemática para cada estudante de acordo com as suas necessidades.

A leitura dos resultados dos alunos é disponibilizada aos professores em tempo real. Isso ocorre por meio de ferramentas de análise diagnóstica para a obtenção de insights e utilização de evidências em intervenções pedagógicas precisas e oportuna por parte dos professores.

Veja mais conteúdos sobre educação e tecnologia no EducaTech.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *