Consultoria educacional abre inscrições para bolsa de preparação para jovens que desejam ingressar em universidade fora do país

Consultoria Educacional
Compartilhe esta notícia

Ingressar em uma universidade fora do país é o desejo de muitos jovens brasileiros. Sendo assim, visando estimular que mais estudantes cheguem aos campi mais renomados dos Estados Unidos, Canadá ou do Reino Unido, a Crimson Education abre as inscrições da quarta edição do programa Bolsa Crimson. Neste ano a consultoria educacional irá selecionar dois estudantes que receberão gratuitamente a preparação necessária para alcançar a desejada matrícula.

“No Brasil há muitos jovens talentosos e com o perfil acadêmico compatível com o que as renomadas universidades estrangeiras procuram. E o nosso objetivo é oferecer a esses estudantes o auxílio necessário em cada etapa do processo para que alcancem a vaga que tanto almejam”, diz Laila Parada Worby, gerente da consultoria educacional no Brasil e ex-aluna de Harvard. Alunos de todo o país podem se inscrever até o dia 31 de janeiro.

A mentoria vai durar de fevereiro de 2021 até agosto de 2022, quando o aluno inicia as aulas. Ao longo desse período, uma equipe de mentores especializados irá apoiar desde a preparação até o envio de candidaturas. São escolhidas até 10 instituições dos EUA, Reino Unido e/ou Canadá, a partir do perfil do estudante e a carreira pretendida. Por meio de uma plataforma remota, a preparação contempla 10 horas de tutoria particular para provas padronizadas como o SAT, ACT e TOEFL, e orientação para solicitar bolsa por mérito e auxílio financeiro nas faculdades desejadas.

A ficha de pré-inscrição deve ser preenchida no site do programa e seguir as etapas de avaliação, que incluem redação. Serão aceitas inscrições de candidatos que irão cursar o último ano do ensino médio em 2021 ou que se formaram em 2020, com notas altas ao longo do curso. Além disso, é imprescindível ter nível de inglês fluente ou avançado, perfil de liderança e ser engajado em atividades extracurriculares.

A diversidade é uma das principais características da Crimson Education tanto no Brasil quanto nos escritórios ao redor do mundo. Portanto, uma das bolsas é reservada para a política de ações afirmativas.

“Nosso objetivo é ter cada vez mais alunos pretos, pardos ou indígenas vivendo a experiência educacional em uma universidade estrangeira. Da mesma forma como membros do nosso time tiveram”, conta Worby. Os critérios de avaliação das inscrições serão os mesmos, mas é necessário que os candidatos sinalizem a opção no formulário de inscrição.

Bolsista da terceira edição atualmente estuda em Stanford

A incerteza sobre concorrer ou não à bolsa de preparação pairou na cabeça de Guilherme Silva, 20 anos, por um certo tempo. Mas a possibilidade de ser aprovado em uma das mais renomadas universidades dos EUA falou mais alto e ele foi o vencedor da terceira edição do programa.

Com uma rede de mais de 2.300 mentores, oriundos apenas das 30 melhores universidades do mundo, a consultoria educacional monta uma equipe para desenvolver as necessidades específicas de cada estudante.

“Foi como ter entrado em um time de super-heróis, pois pude contar com mentores altamente qualificados para cada etapa da aplicação. Desde os estudos para as provas padronizadas até conversar sobre todo o peso emocional do processo. Então é impossível você não se sentir inspirado a dar o máximo numa oportunidade como essa”, diz o jovem que é formado pelo Instituto Federal de São Paulo – Campus Cubatão e com a mentoria foi aprovado em Yale e Stanford, duas das melhores universidades do mundo.

Atualmente, por conta da pandemia, ele está cursando o segundo trimestre de Ciências da Computação à distância. “Escolhi ingressar em Stanford por uma série de motivos. Obtive uma ajuda financeira maior, a universidade está entre as melhores do mundo na área de Ciências da Computação. Além disso, tem flexibilidade acadêmica e há a possibilidade de me envolver em projetos sociais oferecidos no campus. Sem contar a presença de uma grande comunidade brasileira por lá”, completa Silva.

Veja mais conteúdos sobre educação e tecnologia no EducaTech.

5 Respostas para “Consultoria educacional abre inscrições para bolsa de preparação para jovens que desejam ingressar em universidade fora do país

  1. Boa tarde gostaria de saber se posso fazer a inscrição sem ter o inglês fluente mas vou começar um curso esse ano só não sei ainda o curso mais adequado ainda. Estou pesquisando um bom curso.
    Desde já agradeço pela atenção!

  2. Não acredito muito nessas oportunidades aleatórias só ganhando msm para acreditar !! Mais se eu ganhar , vai ver o menino mais esforçado de todos , não espero q acredite se me der a oportunidade irei mostrar é por em prática tudo q a escola PÚBLICA me ensinou . Obs( faço aulas de inglês, mais estou no básico)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *