Prêmio Escola Diversa reconhece práticas pedagógicas que contribuem para a diversidade na educação

Prêmio Escola Diversa

Estão abertas as inscrições para a primeira edição do Prêmio Escola Diversa, organizado pela edtech Piraporiando. A iniciativa busca reconhecer práticas pedagógicas inovadoras que contribuem para a diversidade no ambiente escolar. As inscrições (clique aqui), que são gratuitas, já estão abertas e vão até o dia 20 de abril. Podem participar escolas públicas e privadas de todo o país.

O Prêmio Escola Diversa tem a proposta de dar visibilidade a iniciativas bem sucedidas em escolas que usam as diferenças e a diversidade em sala de aula para impulsionar a aprendizagem dos estudantes.

“Entendemos que o pensamento crítico e criativo é fundamental para a educação, e, além disso, acreditamos no poder da diversidade e de uma educação que trabalha pela equidade, proporcionando às crianças e jovens uma visão de mundo que valoriza diversas culturas”, explica Janine Rodrigues, educadora, escritora e fundadora da Piraporiando.

Prêmio Escola Diversa: categorias e premiação

Podem participar escolas públicas e particulares de todo o Brasil que realizem projetos ou ações que promovam a equidade, que valorizem a diversidade, principalmente em prol de uma educação antirracista, antibullying e antipreconceito. Os projetos podem estar voltados para a educação infantil, ensino fundamental e médio.

Portanto, no formulário de inscrição, a escola deve escolher entre uma das categorias que mais está inserida no seu projeto ou ação, que são:

Corpo docente

Projetos ou ações que foram motivados e conduzidos a partir da iniciativa de um professor ou coordenador e multiplicado para toda a comunidade escolar.

Equipe escolar

Quando o projeto ou ação foi proposto, desde o início, pela direção e coordenação da escola, ou quando após muitas atividades a escola optou por integrar a iniciativa em todos os anos letivos como parte do planejamento pedagógico da escola para todos os anos.

Família e estudantes

Quando o projeto ou ação teve início a partir de um familiar ou estudante, e depois se ampliou para toda comunidade escolar.

Em relação à premiação, ao todo, seis escolas serão reconhecidas: três públicas e outras três particulares. Dentre as premiações estão: coleções de livros da Piraporiando; atividades culturais e formativas nas temáticas da educação para a diversidade; notebooks; cinco horas de consultoria em educação e diversidade a ser realizada pela Piraporiando.

As iniciativas inscritas serão escolhidas primeiramente pela equipe da Piraporiando e um conselho composto por seis educadores. Posteriormente, as iniciativas selecionadas participarão de votação popular. A premiação vai considerar o nível de maturidade das atividades e seus impactos na escola e sociedade.

Visibilidade para projetos de educação para a diversidade

A Piraporiando é uma referência em diversidade na educação básica. A edtech desenvolve projetos educativos que têm origem nas histórias de suas obras literárias. A partir desse trabalho, realizado em mais de 20 estados brasileiro, a Piraporiando conheceu muitos projetos e ações que têm gerado resultados efetivos nas escolas.

A edtech acredita ser fundamental dar visibilidade a essas iniciativas tanto por uma questão de reconhecimento quanto para inspirar outros educadores, por isso a ideia da criação do Prêmio Escola Diversa.

“Ainda que tenhamos uma premiação envolvida, o mais importante, entretanto, é o reconhecimento dos trabalhos e o agradecimento da sociedade para essas ações que, com certeza, transformam o mundo. Educação é responsabilidade de todos!”, finaliza Janine.

Veja mais conteúdos sobre educação e tecnologia no EducaTech.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *