O que é melhor fazer: um curso técnico ou superior?

Por Cristiano Stefenoni

Afinal, o que é melhor fazer: um curso técnico ou superior? O fato é que ambos têm vantagens e desvantagens e tudo vai depender do objetivo da pessoa. Enquanto um profissional que cursou uma faculdade tem mais chances de ter um cargo de chefia e ganhar mais, os técnicos são mais cobiçados pelo mercado. Tanto é que 85% dos alunos que se formam no Senai-ES já saem contratados, segundo dados do diretor regional do Senai no Estado, Robson Cardoso. A média salarial deles é de R$ 1.500. ?Além disso, alguns setores estão em falta de mão de obra, como é o caso da Tecnologia da Informação?, afirma Cardoso. Abaixo você confere as vantagens de cada modalidade e um vídeo sobre o assunto. Depois, claro, deixe o seu comentário. Agora, a escolha é sua. Boa sorte! 

CURSOS TÉCNICOS

* Ideal para quem busca uma colocação rápida no mercado de trabalho.
* Cerca de 85% dos alunos que passam pelo Senai são contratados.
* A média salarial deles é de R$ 1.500, mas pode chegar a R$ 2.500.
* Os cursos têm curta duração: dois anos, e custam, em média, R$ 250 mensais. Mas há alguns que são gratuitos, onde são firmadas parcerias com empresas.
* Os cursos com maior demanda são na área da construção civil, metalmecânica, elétrica, automação e logística.

CURSO SUPERIOR

* Permite cargos de chefia.
* Os salários são maiores, principalmente em caso de alguns concursos públicos.
* O diploma de nível superior dá mais força ao currículo.
* Ajuda nas seleções onde é necessária a prova de títulos.
* É possível fazer o curso de tecnólogo, que é superior, mas que dura só dois anos e permite fazer uma pós-graduação depois, ao contrário do técnico.

Deixe seu comentário!

0 Resposta para “O que é melhor fazer: um curso técnico ou superior?

  1. Apesar de ser aposentado, gostei bastante da matéria no Fala Manhã sobre técnicos e superiores. Meus filhos estavam com dúvidas nessa área e podemos esclarescer juntos. Também achei melhor aumentar o tempo dado para o consultor. Ficou bem melhor. Parbéns a todos da Rede Vitória, obrigado.

  2. Apesar de ser aposentado, gostei bastante da matéria no Fala Manhã sobre técnicos e superiores. Meus filhos estavam com dúvidas nessa área e podemos esclarescer juntos. Também achei melhor aumentar o tempo dado para o consultor. Ficou bem melhor. Parbéns a todos da Rede Vitória, obrigado.

  3. Apesar de ter sido colocado como uma boa opção para curso superior, os cursos de tecnólogo aínda sofrem preconceito e, uma certa, resistencia por parte do mercado de trabalho, tanto na iniciativa privada como em órgãos públicos. São considerados cursos de graduação, porém, há quem diga que o tecnólogo não é, nem técnico, nem superior. É comum, grandes empresas, destacarem em seus editais a exclusão de formados em cursos de tecnologia, por exemplo, a petrobrás, sempre deixa claro em seus editais de concurso público a seguinte nota: ATENÇÃO, NÃO ACEITAMOS TECNÓLOGOS. Então, isso é algo que deve ser levado em conta pelos futuros candidatos a um curso superior de graduação.

  4. O curso técnico é uma boa opção mas para área de Tecnologia da Informação o curso superior é uma escolha aconselhável, pois aqui no estado não existe nenhum sindicato e o mercado ainda está crescendo nesse ramo isso faz com que o profissional de nível técnico não seja valorizado, por fim o que acontece é que não falta mão de obra para TI e sim empresas que valorizam os profissionais dessa área.

  5. O curso técnico é uma boa opção mas para área de Tecnologia da Informação o curso superior é uma escolha aconselhável, pois aqui no estado não existe nenhum sindicato e o mercado ainda está crescendo nesse ramo isso faz com que o profissional de nível técnico não seja valorizado, por fim o que acontece é que não falta mão de obra para TI e sim empresas que valorizam os profissionais dessa área.

  6. Tenho grande interesse na area de meio ambiente, sempre sonhei em fazer eng. ambiental, mas ainda nao tive oportunidade. Gostaria de receber opcoes de escolas que teem este curso na opcao tecnico.
    Grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *