Dominar o português pode ser decisivo em um concurso

Nos desculpem os que preferem exatas, mas saber Língua Portuguesa é fundamental. A disciplina, que corresponde a, no mínimo, 25% do total de pontos na prova, muitas vezes é negligenciada pelos concurseiros. Escolher se dedicar aos estudos da disciplina pode influenciar diretamente no resultado final, inclusive nas questões de Matemática.
Para o professor Pedro Henrique, coach, servidor federal e autor do livro “Interpretação de Textos e Semântica para Concursos”, os candidatos devem ficar atentos com a avaliação da matéria. “As principais bancas cobram os aspectos gramaticais envolvendo verbos, conjunções e preposições”, inicia. Entender e usar bem estes elementos é necessário para que se faça uma boa prova.

Leia também – Português para concurso: os maiores erros da disciplina explicados

“O candidato deve ficar atento ao comando das questões para que consiga responder o que está sendo perguntado”, diz Pedro. Por isso, é importante que o candidato estude compreensão e interpretação de textos, pois é um assunto cobrado e não apenas nas provas de Língua Portuguesa. Para ele, o Português está presente de forma direta ou indireta em todos os concursos públicos do país.
Se atentar e ler com calma pode ser o diferencial. “Os candidatos não sabem analisar o enunciado da questão. Isso faz com que ocorram deslizes decisivos para um bom resultado”, orienta o professor. “A melhor maneira de ter um bom resultado nos concursos é estar afiado com a Língua Portuguesa”, recomenda.

Confira: E-book desvenda os mistérios de como escrever uma Redação Nota 10!

Após estas dicas abaixo, para o professor, é “só partir para o abraço” e aguardar o excelente resultado na prova.

Dicas do professor Pedro Henrique:
-> Fazer um estudo teórico de cada tópico gramatical, lendo uma gramática bem objetiva;
-> Resolver exercícios de fixação;
-> Fazer o máximo de questões possíveis de provas anteriores;
-> Estudar interpretação de textos com um conteúdo que mostre a resolução de diversas questões de provas anteriores.

Professora destaca importância do rascunho na redação
A professora de redação Tatiana Rodrigues falou sobre importância do rascunho na prova de redação, durante o aulão de véspera do TRF 2, realizado na Folha Dirigida em parceria com o curso Super Professores. “Esse é o momento em que você calcula as linhas e demais estratégias para a prova”, disse a professora.
Na redação, os candidatos também devem tomar cuidado com a clareza e adequação vocabular. Isso pode fazer a diferença na correção. Além disso, é proibido o uso de linguagem figurada. Toda atenção pode ser dada com o tamanho (máximo de 30 linhas) e a estrutura simétrica do texto.
Tatiana ainda fala que ser redundante está fora de cogitação, assim como palavras “hoje”, “atualmente” e “hoje em dia”. No dia da prova, além de fazer um rascunho, a professora pede cuidado com o título. “Só coloque caso tenha um espaço para isso ou seja pedido no enunciado.”
A professora ainda destaca que, no caso da escrita errada de uma palavra, o candidato deve fazer um traço horizontal no meio da palavra. Por fim, a dica é não repetir palavras, tentando usar outras do mesmo contexto semântico.

dicas português

Banner_RedeVitoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *