Como lidar com a reprovação nos concursos públicos

Há alguns momentos em que, após receber a notícia de não ter passado em uma prova, o concurseiro pensa em desistir de tudo. Acredita não ser bom o suficiente ou que está desperdiçando tempo seguindo seu sonho, tudo por causa de uma barreira que encontra e não sabe lidar ainda: a reprovação. Para auxiliar nesse aspecto, Fernando Bentes, diretor acadêmico do site QConcursos, dá alguns conselhos sobre como ver a declarada “derrota” como um passo a mais na direção da vitória. O primeiro passo para aceitar a reprovação é simplesmente culpar os outros por não ter passado. Citando John Kennedy, “não pergunte o que seu país pode fazer por você, mas o que você pode fazer pelo seu país”, que nesse caso significa aprender com os erros e pensar em que pode melhorar, em vez de reclamar da prova ou até mesmo de seus concorrentes. Antes de atacar a banca e a instituição, pense nos seus erros e em quais características você possui que o fizeram ter um desempenho ruim na prova e em quais problemas acha que tem na hora de realizar essa prova.

Assista ao vídeo sobre como lidar com a reprovação

Identifique seus inimigos na preparação para concurso
Se acredita que seu maior inimigo nessa jornada seja uma disciplina específica, é preciso dar um enfoque maior a ela durante os estudos. Se seu maior problema é o nervosismo durante a prova, que o faz “esquecer” as matérias que estudou, deve treinar esse aspecto fazendo, por exemplo, exercícios de concentração, simular um ambiente de prova para não se abalar emocionalmente no dia ou talvez se consultar com um psicólogo. Em resumo, deve buscar entender quais são esses problemas e tentar resolvê-los da melhor forma. Fernando afirma que a prova, assim como suas aprovações ou reprovações, não dependem das quatro ou cinco horas no dia da seleção em que está resolvendo a mesma, e sim de sua trajetória e de sua preparação prévia para aquele instante. Ponderando suas dificuldades e começando a estudar aquilo, se sentirá mais preparado para este momento.

Dica é continuar estudando
Porém, mesmo quando o concurseiro acredita estar preparado o suficiente e seguro de seu conhecimento, deve continuar estudando. Até mesmo quando conseguir a aprovação em um concurso mas não passar por conta do número de vagas, não se acomode esperando, prossiga seus estudos. “A trajetória de todo mundo que passa em um concurso público é mais ou menos essa: começa a estudar, estudar e estudar, reprova e se sente mal e deseja largar tudo, depois de um certo tempo volta a estudar ainda mais do que antes e aí começa a passar em várias coisas”, disse. Um bom teste é resolver as questões da última prova. Se, durante esse teste, ver que tem pontuação suficiente para passar nessa prova, provavelmente passará na próxima também. Em caso contrário, não precisa ficar triste ou surpreso com o teste por acreditar que será reprovado.

Como-superar-reprovacao-concurso-publico

Banner_RedeVitoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *