As vantagens da carta de crédito para comprar um carro

O consócio tem sido uma opção muito procurada para comprar o primeiro carro e para quem deseja trocar por um carro novo, ou seminovo. De acordo com dados da ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio), só em 2020, em um cenário de pandemia, a soma das cartas de crédito de automóveis atingiu um valor robusto de R$ 96,7 bilhões, contra os R$ 84,9 bilhões, registrados em 2019.

Sem contar que é uma modalidade muito vantajosa para quem deseja materializar seus objetivos no longo prazo, sem comprometer a sua vida financeira. O consórcio oferece uma oportunidade de comprar diversos bens e serviços usando uma carta de crédito de modo simples, econômico e acessível.

Mesmo com os benefícios e as facilidades da carta de crédito, muitos ainda têm dúvida com relação ao consórcio e à forma como é possível utilizar a carta de crédito para adquirir um bem ou serviço. Aqui você entenderá como funciona e o que é a carta de crédito

O que é a carta de crédito?
Para entender sobre o tema, antes precisamos explicar como funciona o consórcio. Quando você escolhe e contrata um plano e entra em um grupo de consórcio, na verdade, você adquiriu uma cota (um número que te identificação no grupo), tornando-se um integrante de um grupo de pessoas, que se reúne com um objetivo em comum: comprar um bem ou serviço. Em seguida, realiza o pagamento mensal das parcelas, definidas em contrato de acordo com o plano contratado.

Esses pagamentos mensais do participantes do grupo são reunidos como em uma poupança, a qual será utilizada para contemplar cada consorciado com o valor de sua carta de crédito. Trata-se de um instrumento financeiro que garante que todos realizem o seu sonho, seja um bem ou serviço. São nas assembleias, as reuniões mensais, que acontecem as contemplações por meio de sorteios ou lance.

O que eu posso comprar por meio de um consórcio?
O consórcio tem sido uma modalidade muito procurada pelos brasileiros para adquirir um bem, uma vez que a lista de vantagens que se apresenta é bem extensa, sem contar a variedade de bens e serviços que se pode adquirir com esse tipo de investimento.

De forma bem prática, qualquer pessoa pode aderir a um consórcio, desde que planeje no longo prazo a aquisição de bens e serviços, como: imóveis, terrenos, serviços de saúde, festas de casamento, formatura, estudos, viagens, moto e carro.

Além das diversas opções para realizar um consórcio, a lista de vantagens é extensa: sem juros (o que existe é a taxa de administração, que remunera a administradora de consórcio), sem entrada, planos flexíveis e adaptados ao orçamento, contratação simplificada, segurança e saúde financeira, planejamento e um futuro tranquilo.

E como eu posso utilizar a carta de crédito do consórcio?
O foco do participante de um grupo de consórcio é ser contemplado e, consequentemente, ter acesso ao bem desejado. Quando acontece a contemplação, o consorciado passa pelo processo de liberação de crédito e tem, finalmente, acesso à carta de crédito, ou seja, é dinheiro na mão para comprar o bem desejado.

Vale lembrar que a carta de crédito permite comprar apenas o bem que seja da mesma categoria estabelecida em contrato. O que significa dizer que se você escolheu um consórcio de carro, não pode utilizar a carta para adquirir uma casa, ou vice-versa.

Outra vantagem, que a carta de crédito oferece, é o poder de barganha, isto é, você tem em mãos a chance de negociar descontos e outras vantagens com o fornecedor do seu bem escolhido, afinal, o valor é transferido integralmente, como se estivesse pagando em dinheiro e à vista.

Ok! Mas ter um carta de crédito para comprar carro vale a pena?
A vantagem de ter o poder de negociação garante uma vantagem para comprar qualquer bem ou serviço, e com a aquisição de um carro não é diferente. Por se tratar de um modalidade que oferece o valor à vista, quando o participante é contemplado, as chances de conseguir descontos e benefícios, na hora de fechar negócio e comprar seu veículo, garante uma baita vantagem, afinal, com o dinheiro que sobrar da carta de crédito, você pode utilizar para gastos extras, como a documentação do carro.

Outra vantagem do consórcio é não exigir um valor de entrada, o que significa que você parcela o valor do seu bem integralmente e de acordo com o prazo do plano contratado e definido em consórcio. Você se planeja, e, caso tenha um veículo e tenha a intenção de trocar, o consórcio é uma modalidade que ajuda a se preparar e substituir com tranquilidade.

Sem contar que o poder de compra é mantido durante todo o grupo, garantindo que todos tenham as mesmas oportunidade, independentemente, de quando for contemplado. Isso porque, ao longo do tempo do grupo, o valor é corrigido por indicadores financeiros, no caso de veículo, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Por falar em vantagem, no caso do consórcio de carro, existe a facilidade de oferecer o seu usado como lance com o Troca de chaves, uma opção vantajosa de aumentar as chances de sair com a chave do carro novo na mão. E você ainda conta com a flexibilidade de escolher a marca e o modelo do seu veículo, que atende às suas necessidades.

O que preciso fazer para ter acesso à carta de crédito?
Ainda no bê-á-bá do consórcio, depois de contemplado, você terá que seguir um passo a passo para sair feliz da vida com a sua carta de crédito na mão. Não existe segredo ou fórmula mágica, mesmo assim precisa atender a todas as exigências da lei de consórcio e das regras definidas em contrato.

Uma delas é a documentação exigida pela administradora, o que garante a segurança legal e jurídica de todo o processo até a liberação da carta de crédito. Um requisito importante é ser adimplente, ou seja, você não pode ter seu nome nas listas de serviços de proteção ao crédito (como Serasa e SPC).

Outro passo é a apresentação de garantias, e a razão é bem simples: mesmo contemplado, você precisa se comprometer a pagar as parcelas do seu consórcio até o final, uma vez que esse seu compromisso oferece a oportunidade de todos os participantes terem acesso à carta de crédito e comprar o seu bem.

A garantia dependerá da administradora. Basicamente, pode ser outro bem do consorciado, como imóvel, ou um devedor solidário, um fiador, que se compromete a assumir a dívida, caso o consorciado não puder pagar. E contra imprevistos, o participante pode optar pela contratação de um seguro.

E, nesse processo, deve-se, ainda, entregar documentos pessoais, os que comprovem renda, tudo para ter certeza de que será capaz de assumir e arcar com as parcelas do consórcio ainda a serem pagas.

Na hora da compra, é preciso identificar corretamente: marca, modelo, ano, cor e toda informação que for pertinente, e o fornecedor da escolha do consorciado. Aqui vale lembrar também que as regras podem variar de uma administradora para outra. Exatamente por isso, se houver dúvida, aconselhamos a recorrer à administradora do seu consórcio.

Outra dica valiosa é escolher uma administradora com credibilidade no mercado, que seja regulamentada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil, o Bacen, uma vez que essa empresa será responsável pela organização do grupo, por gerir a saúde financeira dele, pelas assembleias e por todos os processos até a realização do seu sonho.

E agora que você já entendeu toda a dinâmica do consórcio e como funciona a carta de crédito, ficará mais fácil para se planejar e escolher um plano de consórcio que cabe no seu bolso e ofereça um investimento seguro com um futuro tranquilo, sem juros, sem sustos e sem entrada.

Carro novo ou seminovo? Simule aqui um consórcio e encontre a parcela que cabe no seu bolso.

E se você precisa de mais detalhes para planejar e garantir a realização do seu sonho, procure por uma administradora. Há mais de 30 anos no mercado, a Embracon tem planos que se encaixam no seu bolso e tem o tamanho do seu sonho. Acesse e saiba mais: www.embracon.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *