WhatsApp, estão tentando te aplicar um golpe? Veja o que você pode fazer.

Você já recebeu uma mensagem suspeita de WhatsApp de um parente ou amigo pedindo dinheiro? O indivíduo do outro lado falando (digitando) de um jeito diferente do habitual? Com mais erros de digitação, sendo mais formal que o normal ou mandando mensagens por outro número de telefone? Já te ligaram ou enviaram uma mensagem pedindo um código de confirmação para alguma transação financeira, confirmação de conta em algum aplicativo, como Netflix, por exemplo. Se ainda não aconteceu com você, provavelmente, você conhece alguém que já passou por esse golpe do WhatsApp.

Normalmente funciona assim:

Ocorre quando o golpista se faz passar por uma pessoa conhecida (um amigo ou parente) para pedir dinheiro. Ele utiliza o nome e alguma foto, normalmente a própria foto do WhatsApp original de um conhecido seu, mas também pode ser das redes sociais em outro aparelho de celular e envia mensagem dizendo que trocou de número e que precisa de ajuda.

O que podemos fazer? Ou melhor, o que devemos fazer.

O primeiro passo é desconfiar, entre em contato com o seu conhecido no número de telefone original, preferencialmente através de ligação, para conferir se a pessoa realmente mudou de telefone ou se é alguém querendo se passar por ela.

Nunca compartilhe dados pessoais, códigos ou faça transferências sem confirmar a identidade da pessoa. Para ter certeza que você não está caindo em um golpe, peça para a pessoa te responder por áudio ou te ligar, por exemplo. Se ela não te responder e você ainda estiver desconfiado, faça uma ligação (um telefonema como antigamente) via voz para avisar a possível vítima. Não use o WhatsApp para fazer a ligação.

Como posso me prevenir?

Esse caso é um pouco mais difícil de ser prevenido, já que não há invasão de um celular, mas uma pessoa tentando se passar por outra. Além da tentativa de contato no telefone original com a pessoa que supostamente está te pedindo o dinheiro.

Desative a visualização de sua foto de perfil do WhatsApp para as pessoas que você não tem na sua lista de contatos salvem sua foto para se passar por você. É só ir no WhatsApp em Configurações > Conta > Privacidade > Foto do perfil > Meus contatos.

O WhatsApp sempre avisa quando um contato faz a troca de número, portanto, se alguém o procurar alegando que trocou de número, desconfie.

Pedindo um código de segurança. Como funciona?

Após conseguir o seu número em plataformas de compra e venda, por exemplo, ou em bancos de dados de vazamento, os golpistas entram em contato com você pedindo a confirmação por WhatsApps ou por ligação de um número de verificação que será enviado via SMS. Contudo, o que muitos não percebem é que esse é o código de autenticação e acabam passando para os criminosos.

Com esse código de acesso os golpistas conectam sua conta em um novo celular e te desconectam do seu WhatsApp. A partir daí conseguem utilizar o aplicativo como se fosse você e normalmente fazem isso para pedir dinheiro a sua lista de contatos em seu nome.

Sofri o golpe do WhatsApp! E agora?

Se você caiu na armadilha, primeiramente, avise seus amigos e familiares pelas redes sociais ou ligue para alertá-los. Dessa maneira você poderá evitar que transações financeiras sejam feitas para a conta dos golpistas. Em seguida, tente recuperar sua conta. Como o mais comum é aplicarem o golpe utilizando um celular, você poderá desconectar os criminosos entrando novamente no aplicativo com seu número de telefone e confirmando, somente no WhatsApp, o novo código enviado. Ao digitá-lo, quem estiver usando a sua conta será desconectado automaticamente. Fique atento(a)!

Se você suspeitar que eles estejam utilizando o WhatsApp desconecte-os também acessando as Configurações > Aparelhos conectados > Sair de todos os computadores.

Fiz uma transação financeira para o golpista, e agora?

Se você enviou um valor achando que era um familiar ou conhecido, comunique a pessoa que sofreu o golpe, o quanto antes. Além disso, entre em contato com o banco da conta de destino avisando do ocorrido a fim de verificar a possibilidade de cancelamento da transação e evitar futuras fraudes.

Tire prints, reúna documentos de comprovantes de pagamento e faça um Boletim de Ocorrência.

Melhore seu padrão de segurança

Existem medidas extremamente importantes para a segurança no aplicativo.  A primeira é nunca compartilhar o código de seis dígitos do WhatsApp enviado via SMS com terceiros, assim os criminosos não terão acesso a sua conta.

Outro recurso disponibilizado pelo aplicativo é a “confirmação em duas etapas”. Essa é uma camada a mais para sua proteção. Com ela ativada, você precisará digitar o PIN de seis dígitos todas as vezes que quiser confirmar seu número no WhatsApp. Para ativá-la, entre em Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas > ATIVAR. Em seguida, defina uma senha e digite seu e-mail.

O WhatsApp pode ser utilizado por cibercriminosos de várias maneiras para aplicar golpes contra usuários do aplicativo. Alguns dos golpes incluem roubo de conta e criação de perfis falsos. Os golpistas estão sempre adaptando seus golpes no WhatsApp para fazer novas vítimas. Eles se aproveitam de assuntos como a pandemia de coronavírus, por exemplo, para aplicar seus golpes.

WhatsApp Clonado

Este é um tipo de golpe em que o cibercriminoso se passa por uma empresa ou site conhecido. O perfil ou número que os golpistas usam para entrar em contato com a vítima é, obviamente, falso. Porém, muitos não sabem e acabam caindo no golpe.

Como funciona?

O golpista entra em contato com o usuário por ligação ou mensagem de WhatsApp, para falar sobre um suposto erro, uma promoção ou algo que seja atrativo. Em seguida, ele solicita que a vítima envie um código enviado através de SMS para validar as solicitações. Esse código é o código de verificação do WhatsApp da vítima.

Com esse código, o golpista consegue clonar o WhatsApp da vítima e passa a ter acesso à sua lista de contatos e grupos no app. Neste golpe, eles também inventam alguma história para pedir dinheiro aos amigos e familiares, confirme já informamos acima.

Como se proteger desse golpe?

É necessário estar bem atento para não ter seu WhatsApp clonado. Atente-se aos perfis e números que entram em contato com você. Verifique o SMS enviado com o tal código, pois a própria mensagem afirma que esse código não deve ser compartilhado com terceiros, portanto, leia atentamente o SMS recebido.

Notícias falsas e links maliciosos

Também chamadas de Fake News, as notícias falsas são proibidas, pois podem ser utilizadas para fraudes. O WhatsApp leva esse tópico muito a sério e tem tomado diversas medidas para frear a divulgação e o compartilhamento das notícias falsas, como é o caso do limite de encaminhamento de mensagens muito compartilhadas para um contato por vez.

Já os golpes com links maliciosos ganharam destaque no ano passado, principalmente durante o período de isolamento que se deu por conta da pandemia. Houve muitos golpes com o auxilio emergencial, a distribuição de máscara e álcool em gel, golpes com o saque do FGTS, links prometendo a liberação gratuita da Netflix, entre outros golpes.

Os ataques de phishing ganharam força e fizeram muitas vítimas no Brasil e no mundo. Vale lembrar que quando se trata de golpes utilizando o WhatsApp, a vítima deve estar sempre atenta para não passar seu código de verificação e não clicar em links que podem comprometer seu dispositivo e seus dados confidenciais.

E você, já teve alguma experiência negativa com o WhatsApp ou problemas de sequestro de dados? Compartilhe sua experiência conosco e continue acompanhando a gente por aqui.

Forte abraço!

Jackson Galvani

@jackson.galvani

[email protected]

 

Um comentário em “WhatsApp, estão tentando te aplicar um golpe? Veja o que você pode fazer.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *