O que fazer quando o WhatsApp é clonado?

Acredito que você conhece alguém que já teve essa “dor de cabeça” é ou não é verdade? E se acontecer com você? O que você deve fazer? Bom, algumas providências devem ser tomadas imediatamente, uma delas é avisar seus amigos e seus contatos sobre a fraude para que eles não sejam enganados. Esses amigos e contatos podem ajudar a denunciar o WhatsApp clonado. O procedimento é muito simples, basta tocar sobre o nome do contato e depois ir em “denunciar contato”.

Outra dica interessante é você entrar em contato com o suporte técnico do WhatsApp para relatar o problema. Nesse caso, você precisa acessar a aba de “ajuda” ir em “fale conosco” e descrever de forma detalhada o problema. Um contato com o suporte do WhatsApp também pode ser feito por e-mail no endereço [email protected].

Como se proteger do golpe?

É importante seguir algumas recomendações para manter a sua conta segura. A primeira orientação é ativar a verificação em duas etapas, adicionando uma camada extra de segurança, neste caso a senha de seis dígitos é solicitada todas as vezes que você registrar o número do seu celular no WhatsApp. Sendo assim, mesmo que você envie seu código de ativação, os criminosos não conseguirão ter acesso à sua conta sem a senha personalizada. Basta você acessar as “configurações” do WhatsApp e ir em “conta”. Depois vá em “confirmação em duas etapas” e siga as instruções para criar um PIN de seis dígitos.

O golpe do WhatsApp clonado é um truque para roubar dinheiro das vítimas. Os golpistas tomam posse da conta e se passam pelo dono do WhatsApp para enganar os contatos. Apesar do golpe não ser novo, os criminosos mudam constantemente a abordagem para atrair novas vítimas. Então desconfie de qualquer comportamento estranho no seu WhatsApp, nunca será demais. Acredite!

Os golpes e a forma de abordagem são modificadas de tempos em tempos para atrair novas vítimas. Um WhatsApp é clonado quando um criminoso toma posse da conta da vítima sem ela ter conhecimento. Os golpistas ganham acesso à conta real do usuário em outro celular, e conseguem receber e enviar mensagens aos contatos pelo WhatsApp da vítima.

Sofri o golpe do WhatsApp! E agora?

Se você caiu na armadilha, primeiramente, avise seus amigos e familiares pelas redes sociais ou ligue para alertá-los. Dessa maneira você poderá evitar que transações financeiras sejam feitas para a conta dos golpistas. Em seguida, tente recuperar sua conta. Como o mais comum é aplicarem o golpe utilizando um celular, você poderá desconectar os criminosos entrando novamente no aplicativo com seu número de telefone e confirmando, somente no WhatsApp, o novo código enviado. Ao digitá-lo, quem estiver usando a sua conta será desconectado automaticamente. Fique atento(a)!

Se você suspeitar que eles estejam utilizando o WhatsApp Web desconecte-os também acessando as Configurações > Aparelhos conectados > Sair de todos os computadores.

Fiz uma transação financeira para o golpista, e agora?

Se você enviou um valor achando que era um familiar ou conhecido, comunique a pessoa que sofreu o golpe, o quanto antes. Além disso, entre em contato com o banco da conta de destino avisando do ocorrido a fim de verificar a possibilidade de cancelamento da transação e evitar futuras fraudes. Tire prints, reúna documentos de comprovantes de pagamento e faça um Boletim de Ocorrência.

Leia também: como denunciar um crime virtual

Melhore seu padrão de segurança

Para tentar evitar que sua conta seja clonada, uma opção é restringir sua foto de perfil apenas para seus contatos. Essa medida impede que um desconhecido comece uma conversa com você apenas para conseguir sua foto de perfil, considere também restringir quem pode ver sua foto em outras redes sociais.

Infelizmente é comum ver muita gente por aí divulgando seus dados em tudo quanto é lugar. É ou não é verdade? Nunca faça isso: incluir o seu número de celular em várias redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Seja mais cuidadoso com isso, afinal o seu número de celular é uma das poucas informações necessárias para um possível ataque ou invasão da sua conta. É preferível que divulgue seu número com conhecidos de maneira privada e não publicamente.

Evite acessar a sua conta em computadores de terceiros e se isso acontecer, não deixe de desconectá-la após o acesso. Você também deve entrar nas configurações do aplicativo, especificamente na aba destinada ao “WhatsApp Web”. Por lá, toque em “Sair de todos os computadores” para desabilitar o uso de sua conta em dispositivos desconhecidos.

Não confirme códigos de WhatsApp por meio de ligações suspeitas ou desconhecidas. Caso receba um e-mail para confirmar sua conta sem que você tenha solicitado, não clique no link. Afinal de contas, outra pessoa pode estar tentando ativar o acesso de seu WhatsApp.

E você, já teve alguma experiência negativa com o WhatsApp ou problemas de sequestro de dados? Compartilhe sua experiência conosco e continue acompanhando a gente por aqui.

Forte abraço!

Jackson Galvani

@jackson.galvani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *