Mudanças na Gestão Pública

Neste momento eleitoral e de mudanças no cargo de Prefeito, principalmente nas cidades onde já houve reeleição, o ano de 2013 vai iniciar com novos Secretários Municipais.

São novos gestores públicos que precisam ter conhecimento e vivência da cidade, ou ter um currículo com muita bagagem e conhecimento para exercer a nova função.

O funcionalismo público fica na expectativa de quem será o escolhido, se vai ser melhor ou pior que o chefe anterior. Como será seu perfil de chefe: mandão, participativo, inconsequente, etc e tal. Certamente, não será igual. Em alguns casos pode ser uma vantagem, mas a única certeza é a descontinuidade.

A população cria a expectativa de que os serviços serão cada vez mais melhorados. Porque é assim que funciona. Na medida em que uma melhoria é implementada, a população absorve e incorpora a mudança em seu dia a dia e logo em seguida exige por novas melhorias.

Um exemplo é o serviço de transporte. No início a população quer ter uma linha de ônibus passando pelo seu bairro. Depois quer ter ônibus novo que não quebre no percurso. Em seguida, vai exigir que o ônibus não pare nos semáforos e ande mais rápido. Com certeza a próxima exigência será andar em ônibus com ar condicionado. E ainda vai pleitear por andar apenas sentada. E por aí vai.

Faz parte da natureza humana e da melhoria na qualidade de vida da população. E o gestor público tem de estar preparado para conviver com estas exigências e buscar a melhoria contínua nos serviços prestados.

Antigamente, pouco se fazia pelo serviço público e eram poucas as entregas á população sob a desculpa de que não havia orçamento e dinheiro em caixa para fazê-lo. Quando a realidade mudou, e o dinheiro deixou de ser desculpa a eficiência do gestor público foi colocada à prova e o que se viu, também foram poucas as entregas. Faltou planejamento, faltou projeto, faltou envolvimento da população. Faltou a presença de um gestor público eficiente.

Agora com o fim do Fundap e a indefinição dos Royalties as desculpas devem retornar e servir de muleta para os incompetentes e servir de desafio para os inovadores. Vamos analisar bem o perfil dos candidatos nas diversas cidades e ver quem são os mais preparados e exigir que nomeiem Secretários Municipais que sejam Gestores Públicos eficientes e eficazes. Afinal, a população exige por serviços públicos cada vez melhores, e essa é a essência da questão.

Denise de Moura Cadete Gazzinelli Cruz

One Reply to “Mudanças na Gestão Pública”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *