Marca lembrada é marca vista

Todos os anos, a consultoria Brand Finance divulga o ranking das marcas mais valiosas do mundo. E não é de estranhar que as 50 marcas mais bem colocadas tenham seus valores de mercado na cada dos bilhões. A Apple, por exemplo, lidera a lista, com sua marca valendo US$128.303 bilhões. O segundo lugar pertence a não menos valiosa Samsung, avaliada em U$81.716 bilhões. O ranking inclui ainda outras gigantes como Google, Microsoft, Amazon, Walmart e Coca-Cola.

Só o fato de existir um ranking de marcas mais valiosas do mundo já nos mostra o quanto ela é importante para uma empresa, seja ela de qualquer porte ou tamanho.  Atrevo-me a dizer que a marca é o principal ativo intangível de uma companhia, que vai ditar seu conceito e sua cultura. Por isso, quem tem uma marca forte, reconhecida e lembrada tem mais é que cuidar dela, zelando para que ela prossiga assim, inclusive nos momentos de incertezas e crise, como os que estamos passando. A marca é hoje, portanto, um salvo conduto, mas é fundamental investir em seus diferenciais para construir sua credibilidade.

Em parceria com o Ibope Inteligência, pesquisamos todos os anos o posicionamento dessas verdadeiras fortalezas para as empresas, mensurando quais marcas têm a lembrança e, por que não, preferência do consumidor na hora de fazer as compras ou tomar algum serviço.

Na edição de 2015, a revista “Marcas Ícones: as mais lembradas” traz, além do resultado da pesquisa homônima, um retrato do mercado, mostrando quais são, afinal, os atributos das marcas que estão sempre na memória do capixaba.

Esta é uma iniciativa da TV Vitória/Rede Record, que conquistou reconhecimento ao fazer uma programação regional como nenhuma outra emissora. Não à toa, somos reconhecidos nacionalmente como a melhor TV Regional do Brasil. Fazemos isso e investimos em tecnologia e recursos humanos porque queremos que as empresas encontrem na Rede Vitória as alternativas de que precisam para se comunicar com os capixabas. Afinal, marca que não é vista não é lembrada.

Fernando Machado, Diretor-Geral da Rede Vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *