Quem sobreviverá no mercado de trabalho

Martha Zouain

por Martha Zouain

O principal impacto da crise econômica provocada pelo covid-19 será a sobrevivência de empresas e profissionais. Isso porque a adaptabilidade e flexibilidade serão os principais determinantes para isso acontecer. Neste ponto, a qualidade da observação dos principais movimentos que vêm acontecendo no mundo e em sua área de atuação, bem como a rapidez com que investe para se qualificar e para tomar decisões, é que será o grande diferencial para superar o momento atual.

Para quem deseja continuar competitivo, é preciso virar rapidamente a chave e sair da zona de lamentação e pessimismo, muito comuns em um cenário de incertezas como o que está sendo vivido. No entanto, é a hora de reprogramar o pensamento e buscar informações sobre tudo o que pode impactar nos resultados da empresa e área que atua, ler temas ligados à economia, processos, pessoas e o como tudo isso interfere no mundo globalizado.

Além disso, uma competência nova nunca foi tão valorizada. Ser Accountable. Muitos vão correr para as ferramentas de buscas disponíveis para descobrir o significado, faça isso mesmo, mas, em síntese, traduz exatamente o “assumir o protagonismo”, trazer para si a responsabilidade de poder ajudar a tudo e a todos, com o que você pode oferecer. Enquanto profissional, essa é uma vantagem competitiva, que certamente o ajudará.

Mais do que nunca, é a hora de usar a tecnologia a seu favor. Cuide do corpo e da mente com as aulas online gratuitas de atividade física, cursos de aperfeiçoamento profissional disponíveis em canais respeitados, mantenha-se informado por meio de fontes confiáveis de notícia e evite se envolver em discussões nas redes sociais, afinal, isso pode prejudicar a imagem do profissional e deixá-lo ainda mais abalado.

Entre as empresas, o suporte da tecnologia também faz toda a diferença no mundo corporativo, sustentando o funcionamento de muitas organizações por meio da venda online de produtos por sites e aplicativos, e também pelo funcionamento remoto de muitas atividades, possíveis por meio de sistemas de gestão e armazenamento na nuvem.

Mas o que pode ser um fator determinante, agora e no futuro, para a recuperação da crise, na verdade, é o capital humano com que a empresa conta. Ideias inovadoras surgem de pessoas e, por isso, é tão importante fazer contratações conscientes, de profissionais que possam agregar nos momentos mais difíceis. Não é ideal viver pensando em crise, mas é preciso estar preparado quando ela chegar.

Martha Zouain é Psicóloga e Diretora da Psico Store

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *