Paulo Wanick: “Precisamos formar novos líderes”

Por Paulo Wanick, diretor de Formação de Lideranças do ES em Ação, presidente do IBEF-ES e diretor da ArcelorMittal

Ao olhar para o futuro, os líderes serão aqueles que motivam seus liderados a se capacitarem, disse certa vez o empresário americano Bill Gates, um dos homens mais ricos e bem-sucedidos do mundo e, sem dúvida, o mais filantropo de todos que chegaram ao topo. Se a frase foi mesmo dita por ele, ou apenas atribuída, não faz muita diferença. O que interessa é a pertinência da reflexão.

Vivemos uma sociedade polarizada, conectada e carente de representações. Mais do que nunca, precisamos criar condições para capacitar novos líderes para esta nova época de transformações, e que exige uma nova postura das organizações e um novo olhar para as próximas gerações.

Em 2003, diante de uma crise institucional sem precedentes, o Movimento ES em Ação surge com a missão de mobilizar a classe empresarial para contribuir na criação de uma sociedade mais justa por meio do fortalecimento do ambiente de negócios e do desenvolvimento sustentável.

E o resultado do compromisso que assumimos ajudou a mudar a história do Espírito Santo, principalmente, com uma atuação institucional firme e íntegra, com foco no desenvolvimento de iniciativas estratégicas, notadamente na área da educação, que julgamos ser uma das grandes molas-mestras do desenvolvimento de uma sociedade.

Agora, com uma certa consolidação deste modelo educacional, era chegada a hora de voltarmos o nosso olhar para a formação de novas lideranças, também considerada um dos nossos eixos estratégicos de maior relevância, e lançar nossa contribuição com um novo programa de transformação social positiva.

O Be Leader, como assim o batizamos, que em bom português significa “Seja líder” tem o objetivo de aumentar o número de lideranças em formação no estado do Espírito Santo, contribuindo para conectar novos e potenciais líderes com diversas instituições de formação em curso.

Em um só lugar, serão encontradas as principais iniciativas do país e serão compartilhados métodos, conhecimentos e realizações destas organizações em três diferentes eixos de formação: empreendedorismo, gestão pública e articulação política.

Foram mapeados mais de 50 institutos e uma boa parte já foi conveniada à plataforma digital online do Be Leader, e estarão juntos no mesmo propósito de capacitar e desenvolver novas lideranças em nosso Estado.

E o programa vai permitir o acesso dos interessados, de forma estruturada, aos programas oferecidos pelas instituições, bem como será criada uma comunidade de discussão em torno destes potenciais líderes.

O propósito do Be Leader é permitir e estimular pessoas éticas, competentes e com visão de futuro a assumirem posições de liderança para a transformação positiva da sociedade. A ambição do programa é facilitar a formação de líderes capazes de solucionar problemas locais, nacionais e nas agendas globais, ampliando o acesso as mais diferentes formações e cenários de desenvolvimento.

Acreditamos que colocar o Espírito Santo à frente é a chave para, mais uma vez, garantirmos a confiança em nossas lideranças e a construção de um Estado mais justo e melhor para todos, como sempre defendemos e atuamos.

Numa sociedade onde é fácil admirar, seguir ou cancelar, nunca é demais lembrar que um verdadeiro líder não se preocupa com seu status ou sua fama de liderança, mas sim no que ele pode contribuir na formação de novos líderes ainda melhores do que ele, gerando uma espiral virtuosa em torno daquilo que esperamos ver desenvolvida: a nossa sociedade.

Acesse o beLeader.org.br a partir do dia 20 de outubro e veja o que ele pode te oferecer.

Paulo Wanick é diretor de Formação de Lideranças do ES em Ação, presidente do IBEF-ES e diretor da ArcelorMittal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *