PicPay lança campanha focada em posicionamento da marca 

Maior carteira digital do País, com 12 milhões de usuários, o PicPay está em rápida expansão: estima alcançar 20 milhões de pessoas e aumentar para R$ 25 bilhões o volume transacionado no aplicativo no próximo ano – a título de comparação, esse montante foi de R$ 1,4 bilhão em 2018. Para ajudar a conquistar essas metas, a empresa se junta à CP+B Brasil para reforçar conceito da plataforma no mercado. O primeiro resultado desse trabalho conjunto é a campanha “PicPay. É mais que dinheiro”, que contempla dois filmes estrelados por Fábio Porchat. Nas peças, o humorista resolve discutir sua relação com o dinheiro de papel e explica sua escolha por um “relacionamento moderno”, apresentando as facilidades do aplicativo e a fluidez das movimentações financeiras. O PicPay prevê dobrar base de usuários em 2020                                                                          “O PicPay traz uma experiência inovadora em pagamentos e oferece uma plataforma que permite muito mais do que apenas enviar e receber dinheiro de amigos ou pagar estabelecimentos. De maneira simples e divertida, buscamos dar uma visão geral das funcionalidades para o público”, diz Armando Areias, ex-Google e novo CGO do PicPay, que chega à empresa para liderar a estratégia de comunicação para o crescimento do app. “Nessa nova fase, a área de Growth está focada em dar consistência à marca, reforçar seu posicionamento, além de conquistar e reter usuários”.PicPay. É mais que dinheiro                                                                                                            Durante o desenvolvimento da estratégia da campanha, o time da CP+B Brasil fez uma imersão usando somente PicPay em Vitória/Espírito Santo, berço da empresa, para entender na prática a melhor maneira de posicionar o serviço. “A partir dessa experiência, percebemos que usar PicPay é mais vantajoso do que usar o dinheiro, pois reúne vários tipos de soluções financeiras numa experiência leve e divertida. Nem parece dinheiro, parece mais legal do que isso”, diz Marcos Medeiros, CCO e sócio da CP+B Brasil. A campanha “PicPay. É mais que dinheiro” contempla os dois filmes – de 30” ( é mais que dinheiro) e 60”( evolua seu dinheiro ) –, veiculados em TV aberta e fechada, além de dez filmetes de até 10’’, peças de social, rádio, mídia digital e OOH em várias regiões do País. Ao longo das próximas semanas, cada uma das vinhetas mostrará uma das facilidades do aplicativo.

 

 

 

Por dentro da história do PicPay                                                                                              Criado em 2012, o PicPay permite receber e realizar pagamentos para pessoas e estabelecimentos pelo celular, de graça e instantaneamente, usando o cartão de crédito ou o saldo da carteira digital. Combinando tecnologia e segurança, o objetivo do PicPay é facilitar a vida dos seus usuários em diversos momentos, como dividir a conta do bar, cobrar o dinheiro da viagem ou rachar o presente de aniversário do amigo.

FICHA TÉCNICA
Agência: CP+B – CRISPIN PORTER & BOGUSKY BRASIL
Título: Dinheiro Triste / Celebridade
Cliente: PicPay
Produto: PicPay
CCO: André Kassu e Marcos Medeiros
Direção de Criação: Marcelo Rizério
Criação: Vinny Couto, Rodrigo Rocha, Vitor Favero
RTVC: Ana Casagrande , Moema Porro
Planejamento: Rafael Lavor, Daniel Kolb, Silvia Chabes, Matheus Teixeira
Atendimento: Renata Wirthmann, Maria Fernanda Papaleo, Marco Antonio Coelho, Mateus Laurino
Mídia: Tiago Santos, Andre Massuda, Norberto Ioavasso, Pedro Henrique Dias, Rafael Campregher, Dayana Silva
Projetos: Natalia Albuquerque
Social: Paulo Yanaguizawa, Mickael Prass, Lucas Ramos, Karen Lopes
Produção Gráfica: Robson Ciaramicoli, Marcio Santos, Carlos Zamorano, Ricardo Sanches.
Produtora: Prodigo Films
Diretor: André Godoi
Diretor de Fotografia: Diego Robaldo
Produção Executiva: Francesco Civita, Chico Pedreira e Daniel Batista
Assistente de Produção Executiva: Rebeca Broncher e Rafael de Paula
Coordenação de produção: Nathalie Gautier e Bruno Pirozzi
Equipe de coordenação: Bruna Fernandes, Fabiana Baptista, Lucas Pereira, Beatriz Soares e Samantha Assis.
Assistente de direção: Vanessa Moriya
Diretor de Produção: Reinaldo Faria
Diretor de Arte: Martin Sagranichiny
Coordenação de pós-produção: Tutu Mesquita/ Priscilla Paduano
Assistente de pós: Everson Martins
Montador: Renato Gaiarsa, AMC
Pós-produção: Prodigo Films
Finalizador: Georges Sakamoto
Finalização: Prodigo Films
Produtora de Som: Raw Audio
Atendimento Produtora: Fernanda Costa e Carolina Peternelli
Maestro: Hilton Raw
Fotografa: Josefina Bietti
Produtora: 21 Sun Productions
Art buyer: Maryana Orru
Produção: Equipe Raw Áudio
Aprovação cliente: Armando Areias, Cristianne Alves, Aldo Fabrini e Luis Dias

Café Capixaba – cultive esse orgulho                                                                                                A MP assina campanha com minidocumentários sobre o café capixaba. A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (SEAG-ES) lança websérie “Cultive esse Orgulho” em três capítulos que contam a história do café no Espírito Santo, dando voz a tudo que envolve o café. Desde as famílias produtoras, as pessoas envolvidas no processo, quem consome e, inclusive, o próprio café. Em cada capítulo, valorizamos histórias reais de quem planta, colhe, produz, trabalha, vive e consome diariamente o café do ES. Uma forma de contar história em capítulos com uma narrativa que foge dos formatos tradicionais. Vale a pena conferir nos links abaixo:
Capítulo 1: A terra. As raízes do café no Espírito Santo

 

Capítulo 2: A planta. O crescimento dos pequenos produtores

 

Capítulo 3: O grão. O despertar de novos sabores

 

Ficha Técnica:
Agência: MP
Cliente: SEAG/Governo do ES
Título: Cultive esse orgulho
Criação: Joel Machado Jr., Vilker Vitorio
Direção de criação: Mônica Debbané
Coordenação de criação:  Coordenação de criação: Rodrigo Pegoretti
Produtora de vídeo: On Filmes
Produtora de áudio: Nova Arte
Direção de cena: Úrsula Dart
Direção de fotografia: Yuri Barichivich
Mídia: Gabriel Konieczna
RTVC: Mila Neri
Atendimento: Tamyres Depiante Mayer
Aprovação: Paulo Foletto e Flavia Mignoni.

 

Entrega do Prêmio Equilibrista reuniu empresários e autoridades do ES                                  A noite da última quinta-feira (31) reuniu executivos e autoridades do Espírito Santo, para a cerimônia do Prêmio Equilibrista 2019, idealizado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Espírito Santo (IBEF-ES), no Le Buffet Master, em Vitória. Entre os presentes, nomes como o Governador do Estado, José Renato Casagrande, e os Deputados Federais Felipe Rigoni e Evair de Melo. O Prêmio Equilibrista desta edição foi entregue a Léo de Castro (CFO na Fibrasa S.A. / Presidente do Sistema Findes – Federação das Indústrias do Espírito Santo), que falou sobre a importância e a honra em receber a premiação, a qual antecede a 24 grandes personalidades do empresariado capixaba. “Há nove anos, tive a satisfação de ser um Ibefiano de Sucesso. Conquistar mais este honroso prêmio representa muito para mim”, comentou. 

Prêmio Destaque Empresarial 2019                                                                                            Diogo Roberte (Cofundador do PicPay), recebeu Destaque Empresarial. Falou sobre o orgulho que sente em representar o ES. Também comentou os desafios, conquistas e próximos passos planejados para o maior APP de pagamentos do Brasil, com mais de 12 milhões de usuários. “Esse troféu também é de todos que constroem esse sonho junto comigo. Os meus valores e os das pessoas que dividem essa vitória nos trouxeram onde estamos, e nos fizeram mais fortes”, celebrou. 

Prêmio Ibefiano de Sucesso 2019                                                                                          Marcelo Zenkner (Diretor de Governança e Conformidade da Petrobras), levou o Prêmio Ibefiano de Sucesso. Ressaltou sobre o poder em que as lideranças têm em transformar organizações e sobre sua jornada até chegar onde está. “Não crescemos quando as coisas são fáceis. Os desafios nos levam a alcançar objetivos e ir além. Uma governança equilibrada precisa ter em mente que a integridade é um valor que tem o poder de revolucionar”, disse.

Governador do Estado e presidente do IBEF-ES entregaram em mãos os troféus                As honras foram entregues diretamente pelas mãos do Governador Renato Casagrande e do presidente do IBEF-ES, Alessandro Dadalto. Casagrande salientou a importância da sintonia dos poderes público e privado para que o estado continue a evoluir. “A conexão desses membros, com bons investimentos e infraestrutura, levará o Espírito Santo a mais desenvolvimento”, pontuou. Dadalto discursou sobre a representação dessa premiação, que valoriza executivos capixabas. “Nossas lideranças são peças-chave em seus campos de atuação. Levar esses troféus a grandes visionários, que têm o poder de transformação, é motivo de muito orgulho”, disse o presidente do IBEF-ES.

Palestra sobre decisões e armadilhas e a correlação de estratégia para chegar ao Everest O empresário Juarez Soares, o primeiro capixaba a chegar ao topo do Everest, obteve a admiração dos convidados, com sua palestra sobre “Decisões e Armadilhas”. Correlacionou o jogo de estratégias do Everest, com a liderança do corpo e da mente, como ferramentas fundamentais para a vitória. “Aprendi muito no período. O processo da tomada de decisão responsável foi primordial – o foco e a visualização do resultado também. Ao chegar ao topo, levei meus valores. E esse foi outro aprendizado – para alcançar qualquer cume, precisamos ter claro quem queremos ser quando estivermos lá”, fechou Soares.

 

 

O Equilibrista e sua história                                                                                                      Realizada desde 1996, destaca empresários e executivos que fazem a diferença no cenário econômico do estado, com desempenho eficiente, inovador, ético e responsável. A estatueta utilizada na premiação é institucionalizada e registrada na Escola Nacional de Belas Artes. O prêmio Equilibrista foi lançado pelo IBEF-ES há 23 anos, com o objetivo de reconhecer e homenagear os melhores executivos e empresários do ES, com uma sólida e vitoriosa trajetória profissional que, na gestão de seus empreendimentos, propuseram soluções inovadoras e exitosas em suas funções.

Festival Seja 2030: Você é a mudança que o mundo precisa – Festival organizado por alunos de Publicidade e Jornalismo da UVV movimenta Campus Boa Vista e traz ao cotidiano ideias que podem mudar o mundo
Em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs 17 metas para garantir o progresso da humanidade e erradicar problemas globais, como fome e pobreza. Intituladas Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), elas são a inspiração para o Festival Seja 2030, que acontece de 4 a 8 de novembro, na Universidade Vila Velha (UVV).

17 metas para garantir o progresso da humanidade                                                                    “A ideia do festival é sensibilizar sobre os 17 objetivos da ONU e mobilizar a população para o cumprimento destas metas até 2030. Esta é a data limite para que a gente não sofra as consequências do descuido. Nossa maior intenção é trazer as ODS para o cotidiano, por meio de ações que qualquer pessoa pode colocar em prática”, explica uma das organizadoras do evento, professora Maria Aparecida Torrecillas. Ao longo de 5 dias, o festival, organizado por alunos de Publicidade e Jornalismo da UVV, ocupará o campus Boa Vista com mesas redondas, oficinas, exposições e exibições de filmes.  O evento é financiado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Espírito Santo (FAPES).


UVV está entre as instituições que mais trabalham em prol do desenvolvimento social  Está no Times Higher Education Global Impact como uma das instituições de ensino superior que mais trabalham a favor do desenvolvimento social e da igualdade de gênero. Considerando apenas as instituições brasileiras selecionadas, somos destaque em 7 objetivos.
Alcançou o 2º lugar na promoção da Saúde e do bem-estar e da Paz, justiça e instituições eficazes. Além disso, ficou em 3º lugar no fomento ao Consumo e produção responsáveis, à igualdade de Gênero, a Cidades e comunidades sustentáveis, ao Combate às alterações climáticas e à Parceria em prol das metas. A elaboração do ranking é baseada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas. Dos 17 itens elaborados pela ONU, 11 são considerados para o THE Global Impact. Mais de 460 universidades, de mais de 75 países, foram avaliadas. Apenas 15 brasileiras
foram selecionadas e a UVV é a única capixaba entre elas.

Nissin vence Effie Awards com campanha “Nissin LámenTA”                                                    A NISSIN FOODS DO BRASIL foi premiada com o Effie Awards na categoria Promoções por sua campanha “Nissin LámenTA”. A ação contou com a participação do presidente da empresa e foi baseada em um pedido de desculpas da empresa japonesa aos brasileiros, que descobriram novas formas de preparar o Nissin Lámen indo além da receita original. A série de vídeos da campanha ultrapassou 25 milhões de views e alcançou 230 mil engajamentos. Nos vídeos da campanha, um duelo entre um robô – criado pela empresa para preparar o macarrão instantâneo como está no modo de preparo – disputa com os consumidores brasileiros e… perde! Após a derrota, o diretor-presidente da Nissin, Takashi, lança um pacote promocional especial do produto e pede desculpas aos brasileiros fazendo a tradicional reverência oriental, o “ojigi”. A sequência ressalta o jeito dos brasileiros cozinharem sem impor uma maneira certa de preparo. 

É a segunda vez no ano que a empresa é reconhecida                                                              Com mais de 50 anos de história, o Effie Awards é considerado um dos prêmios de Marketing mais importantes do Brasil, pois consagra ideias que dão origem a estratégias de marketing e comunicação com resultados reais e tangíveis. São 300 inscritos em diferentes categorias. “Ganhar um Effie Awards é de extrema importância para nós, principalmente por uma campanha tão importante, que nos conecta ao público brasileiro. Pesquisas mostram que cerca de 62% dos consumidores brasileiros incrementam suas receitas e, reconhecer isso, tornou a campanha especial” destaca Gabriela Prudencio, gerente de marca da NISSIN FOODS DO BRASIL. Esta é a segunda vez que a campanha é reconhecida por profissionais da área. Em setembro, a sequência de vídeos foi premiada pelo Clube da Criação, uma entidade sem fins lucrativos fundada por publicitários para valorizar e preservar a criatividade da propaganda brasileira.

 

Conheça o Projeto Fotografia do Bem que combate o preconceito empoderando crianças com síndromes através da arte                                                                                                          O projeto Fotografia do Bem começou em 2016 e hoje se tornou um movimento de cunho social e de combate ao preconceito. Crianças com síndromes, algumas raras, e em tratamento contra o câncer, são retratadas de forma a mostrar o lado belo de cada uma, além de suas condições médicas. O projeto, idealizado pela fotógrafa Mykaela Carbonera, tem o apoio da MF Press Global para divulgação e é totalmente gratuito para as famílias e ONGs, visa mostrar a beleza tanto das crianças quanto animais, através de imagens alegres:


Retratar crianças com necessidades especiais                                                                                “O projeto Fotografia do Bem começou com fotografias de animais de ONGs que precisavam de um novo lar. Em 2018, o projeto se estendeu à crianças com necessidades especiais, às vezes com a presença de animais resgatados. Quando comecei a fazer fotos de crianças, eu queria que tivesse uma causa social por trás de cada imagem. Por isso escolhi trabalhar com crianças especiais, inicialmente com autismo e síndrome de Down e depois as próprias mães foram indicando crianças com outras síndromes” afirma Mykaela.

Conscientizar sobre as necessidades especiais das crianças                                              Segundo Mykaela, que atualmente vive em Curitiba, no Paraná, as fotos ressaltam o lado bom de cada criança e suas personalidades, além de conscientizar sobre as necessidades especiais das crianças: “nem todos conhecem as histórias sobre suas vidas e não conseguem enxergar além da condição em que a mesma se encontra. Por isso, o meu foco é mostrar alegria, brincadeiras com animais, em meio à natureza. Não quero que seja apenas uma foto, mas que tenha um impacto emocional através das histórias contadas pelas mães de como foi a descoberta da síndrome. É uma forma de conscientizar ao mesmo tempo que cria uma empatia do público, reduzindo o preconceito e criando uma corrente do bem”.

Ajuda na autoestima e a combater o preconceito                                                                          A fotógrafa ressalta que embora as fotos não tenham custos para as famílias e ONGs, todos saem ganhando: “Conforme avançam os trabalhos, eu aumento o meu portfólio, desenvolvo mais minha fotografia neste estilo fine art e divulgo o meu trabalho. Quanto às crianças e suas famílias, isto as ajuda a combater o preconceito, a divulgar informações e as presenteia com uma fotografia diferenciada, alegre e bonita daquela criança. Hoje fotografamos meninos e meninas com câncer, paralisia cerebral, síndrome de West, de Down, autismo, amputação, lisencefalia severa, mielomeningocele, macrocefalia e tantas outras condições de saúde muito severas. Algumas delas não sabemos se vão sobreviver à estas doenças. Infelizmente já me aconteceu de fazer um ensaio e aquelas serem a última recordação daquela criança, que veio a falecer pouco tempo depois. É triste, mas é melhor que tenham recordações alegres e bonitas do que imagens que evocam a lembrança da doença e da morte”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *