Vitória terá o primeiro empreendimento projetado com arquitetura biofílica

A Enseada do Suá, em Vitória se prepara receber um empreendimento imobiliário de alto padrão, que traz uma inovação para a Ilha. Projetado no conceito de arquitetura biofílica, uma proposta que está em alta nas grandes cidades, o Landscape Green Living promete ser um marco de sofisticação e requinte na capital.

No último sábado, 24, aconteceu o brunch de lançamento, com toda biossegurança, para apresentar os detalhes do empreendimento, que tem como fio condutor a conexão com a natureza, a fim de proporcionar mais qualidade de vida, bem estar, produtividade e longevidade.

O homem por sua essência precisa ter contato com o meio ambiente, mas com a correria do dia dia e o excesso de tecnologia, ao longo dos anos essa relação foi se perdendo. Mais que uma tendência, uma necessidade, a arquitetura biofílica utiliza de elementos da natureza na concepção e construção dos espaços, para refazer essa conexão, como a utilização de água, madeira, luz natural, pedras naturais, formas orgânicas e principalmente muita vegetação.

O primeiro empreendimento da capital projetado neste conceito conta com quatro renomados profissionais de arquitetura: Leonardo Magrini, Kennedy Vianna, Vivian Coser e o paisagista Roberto Riscala.

Especialista em arquitetura biofílica, Vivian Coser é a responsável por assinar as áreas comuns e internas do empreendimento. “Estudos científicos nas mais diversas áreas comprovam que os ambientes repletos de vida verde influenciam a mente humana de forma positiva, reduzindo os níveis de estresse e ansiedade, melhorando o humor e a concentração.” As áreas sociais do Landscape foram projetadas valorizando esse contato com a natureza. Os revestimentos, mobiliários e objetos da área comum terão como matéria-prima a pedra e a madeira, possibilitando uma reintegração entre o morador e o meio ambiente.

Já o projeto paisagístico do empreendimento tem como responsável o renomado paisagista paulista Roberto Riscala, que assinou projetos como o Palácio Tangará em São Paulo. “Nesse momento muitas famílias repensaram sua forma de convívio e de moradia, aumentando a demanda por projetos com muito verde e diversos elementos naturais em nosso escritório”, sinaliza Riscala.

Além da proposta inovadora, o empreendimento da Metron Engenharia em parceria com a MZI Incorporadora e Empar Imóveis será construído em uma área de 2.000m2. A torre terá duas unidades por andar e elevador social privativo. Os apartamentos de 171 metros quadrados contarão com quatro suítes, possibilidade de planta personalizada e vista privilegiada para o mar da Enseada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *