Integração: sala, cozinha e varanda contemporânea com toque rústico

Painel de TV com laca e madeira de demolição, pedra hijau natural na parede… E um toque extra de sofisticação! Para quem pensa que não é possível harmonizar o estilo contemporâneo com o aconchego do toque rústico está enganado!

Este apartamento projetado pela arquiteta Mônica Demoner, no Barro Vermelho, em Vitória, apresenta um equilíbrio perfeito dos dois estilos. Cada detalhe fez parte do objetivo do projeto de decoração: a atemporalidade.

O imóvel, de 110 metros quadrados, foi idealizado para atender as necessidades de um casal jovem, com planos de aumentar a família. Um hobbie especial da esposa foi importante para nortear o projeto, a arte de cozinhar! Para quem se aventura na cozinha, a interação na hora de receber a família e os amigos e preparar pratos se torna um tempero especial.

Uma interação que se traduziu em integração da área social, explicou a arquieta. “O principal motivo da reforma era a integração da sala, cozinha e varanda de modo que parecerem um único ambiente e de forma leve e harmônica”.

Com a cozinha integrada à sala, Mônica usou uma única identidade visual para dar o toque de sofisticação ao espaço, e apostou na paleta do cinza e na madeira. Outro ponto importante para um resultado mais sofisticado foram os eletrodomésticos diferenciados, já que ficaram expostos na sala. O destaque ficou por conta da coifa de embutir, revestida com lâmina de madeira.

Mas como nada é tão simples quanto parece ser, ao integrar a varanda com a sala eis que um pilar surge no caminho! Nada como um olhar profissional para transformar o que poderia ser um “problema” em um grande destaque na decoração. Como solução, Mônica projetou uma cristaleira, que oculta a existência do pilar. “Fizemos a cristaleira toda em vidro, exatamente para dar bastante leveza, ficar bem clean e não ser um bloco pesado no meio da sala”, disse a arquiteta.

E não parou por aí, Mônica também desenhou um móvel que tem a função de esconder as costas do sofá e ainda cria uma conexão com a cristaleira. Dessa forma, quem entra no apartamento consegue visualizar o ambiente como um todo, o que também era um pedido da cliente. “A ideia principal do projeto foi alcançar um resultado atemporal, que daqui há 10 anos o apartamento ainda estivesse atual e acredito que a gente conseguiu”, contou Mônica. E para coroar esse objetivo, nada mais atemporal que móveis de design como a cadeira Pantosh e a poltrona Abrachi do estúdio Latoog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *